segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Até agora...

Saídas do meu pai:

PAI: parabéns... pelo pai que tens!

Começa a olhar para mim e diz: "há 41 anos , fui ver-te ao hospital e eras do tamanho de um garrafão de água"...

E belíssimo bolo de chocolate e morangos que a minha rica sogra me fez... Prendas, foram as que eu queria e o Pinko surpreendeu-me com uma camisola oficial do FCP... 



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

A melhor prenda virtual é ...

ESTA

E passo a citar
"O Português tem a palavra saudade como única, existem derivações mas nenhuma explica o sentimento como a língua portuguesa, a palavra soulmate é a saudade da língua inglesa, temos variantes na língua de Camões para a mesma, mas alma gémea é mais complexa e não explica na perfeição o que eu acho que a palavra significa(apreciação pessoal).
Para mim soulmate é isto..."A person with whom you have an immediate connection the moment you meet "...não confundir com tesão ou qualquer outra conotação sexual, a amizade imediata para mim é isto.
Já vi supostos blogers a gozarem com esta palavra, ou por ressabiamento usarem-na para denegrir terceiras pessoas, mas a verdade é que já estamos habituados a este tipo de tratamento de quem se julga superior e no entanto apenas detém meia dúzia de sentimentos ambíguos, a questão é que o ser humano nomeadamente nas redes sociais tem o costume culpar o inocente e exonerar o culpado, mas isso são contas de outro rosário.
Minha querida Pink, desejo do coração um dia feliz e PARABÉNS, a minha docinho envia-te um bejinho apertado, e um forte abraço ao Pinko(esse corredor de maratonas...da vida).
Bjo Soul."




Pelo meu soulmate... 

 Porque as pessoas entram na nossa vida por um motivo, umas para magia negra (o que não é o caso), outras para "aquela " magia.

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Dos meus anos

Venham mais como até agora, onde o choro andou de mãos dadas com o sorriso e o amor de mãos dadas com a raiva e impotência, sobrevivi 41 a mandar o mundo à merda, falamos quando tiver 82 e os meus netos postarem o que lhes dito neste blog! Porque a mim, ninguém me derruba! Parabéns a mim! A música que é , até agora, o hino da minha vida, desde que saí do Algarve.

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

domingo, fevereiro 26, 2017

Sexy




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Florbela Espanca



O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que se não sente bem onde está, que tem saudades... sei lá de quê!



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Nós

Nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós, 
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
Nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,  
Nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós, 
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós, 
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
Nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,  
Nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós, 
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,
nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós, nós , nós, nós,




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Uma sugestão de um amigo virtual

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom domingo

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Stars now!

O meu dia começa hoje e tanta coisa que vai ser posta em prática! 
Para já um dia em cheio!



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sábado, fevereiro 25, 2017

A minha Pt em casa lembra-se de toda a gente

Imagem enviada por ela


E ela é tão querida que me deixa levar o mp3 para ligar às colunas com várias versões da minha música, esta:
Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

E a minha prenda de anos para mim...

Pelo menos a primeira..



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...
Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sexta-feira, fevereiro 24, 2017

B52



Ingredientes:
- 2 cl de licor de café
- 2 cl de irish cream
- 2 cl de triple seco ou absinto
- Gelo

Preparação:
Deitar num copo de shot primeiro o licor de café, de seguida o irish cream e o triple seco ou absinto.

Decoração:
Incendiar o absinto e beber de seguida com uma palhinha.





Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Docinho

Hoje uma "pessoa pequena" fica um aninho mais velha.
Parabéns fofinha, espero que tenhas recebido a minha lembrança a tempo. 




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Top Março











Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom fim-de-semana

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quinta-feira, fevereiro 23, 2017

As pessoas que viajam imenso em trabalho

Fui casada com uma pessoa que raro era estar um mês completo em casa. Alemanha, Noruega, E.U.A. , Inglaterra, enfim, para onde o mandavam , ele ia porque a sua função o obrigava.
Tem graça que gostava de descansar imenso quando podia, já que trabalhar em Portugal para ele era descansar e não enfiava a tromba em blogues de guerrinhas de gajas e também se gabava de conhecer grandes cidades não portuguesas como a palma da sua mão.
Fica o recadinho.

Porque NÓS não somos os únicos que temos revolta dentro de nós, nós, nós e nós e vocês e não são ninguém para determinar os sentimentos de ninguém. CORJA



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Segunda a Pink fica mais velha

SEGUNDA FAÇO ANOS.
Vou estar com quem mais amo nesta vida. Sem filtros ou segredos.
Aos meus amigos virtuais, obrigada por estarem aí, no mail, para mim, não vou fazer um grande texto, limito-me a dizer que não tenho a vida que quero, simplesmente adoro a que tenho, porque a perfeição não existe. 





Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Paul Kalkbrenner

 Depois de ter sido visto a actuar numa discoteca para 50 pessoas, Paul Kalkbrenner, ganhou o respeito e a admiração da população mais jovem, todos na altura perceberam que aquele dj não se limitava a brincar com o que já havia sido inventado e , ali mesmo em frente a 50 ou hoje a 200 mil, PK continua a vibrar como um pianista vibra quando acerta em todas as notas e isso notas nas suas perfomances no Tomorrow Land e outros festivais onde ganhou o estatuto de "special one" actuando sempre no palco principal. 
Neto de Fritz Elsel, pintor e artista gráfico, Paul formou família que o segue em digressão que ele mostra com regularidade nas redes sociais.
Escusado será dizer que um dos meus sonhos seria ver este homem em acção. Ficou conhecido pela música que considero um dos hinos da minha vida : Sky and Sand onde pode contar com a voz do irmão Fritz. O seu ultimo álbum foi lançado no formato de cassetes antigas com entrada USB  
Ainda desconhecido

Com a esposa

A sentir o som que põe


See you later

 Post apenas para os apreciadores
 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Folgaaaaaaaaaaaaaaaaa

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Treinos meus

Amanhã lá vou eu , e juro-vos que não pago uma fortuna...

Não posto mais osbre isto, não quero tornar-me chata...








Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

?



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Apenas na onda


Não exagero, dou apenas cabo dos meus desenganos depois de um quotidiano em que eu desarmo, eu faço tremer, eu encosto e recosto e o papel virou! 
Revirei. Gritei. Tive frio. Calor. Sentimentos? Apenas físicos para a minha saúde mental... 
Se é que a tenho, pois quem me chama louca, não me poderia ver naquele correr de cd... Tiro a senha e volto para a fila... Sem pressas, sem ansiedade, imitando-te... Ou tentando! Se eu soubesse, teria feito antes. Se eu não tivesse tido o Café del Mar, continuaria na ilusão que os filhos da puta é que são bons, e não são.


Estava apenas a ir na onda da chuva que te acompanhou, apesar da t-shirt (os homens implicam com o fim do Verão), e que chuva e que onda. Ondas. Mexer usando apenas a mente. Desarmada repito, tantas vezes como usei a mente, como a alma me saiu do corpo e deixou -me trémula, incrédula. Com a calma, a tua, coisa que não consta no meu dicionário, O Jorge Palma falou mais alto se bem que o som seria mais Café del Mar...



 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...