Absorve-me mas em várias fracções

terça-feira, 14 de novembro de 2017

A máquina e a morte/guerra








Um estudo que indica que desde o surgimento da captação de imagens, a morte é fotografada sem qualquer investida em evitar. Mas nós não julgamos , por norma, quem filma cenas de violência ao invés de nada fazer?
O que quiseres, quando eu quiser...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enriquece a minha pessoa com o teu comentário. Se vens criticar: não mudas em nada a minha postura... bem talvez me ria um pouco. Quem vem por bem, que escreva e se sinta em casa... Pink