quarta-feira, 21 de junho de 2017

Mundos que fundem

O mundo desaparece quando estás por perto... Não negues, é a forma como nos tocamos, como sabes o sabor de cada esquina do meu corpo e eu sei exactamente o que fazer para entrarmos no nosso mundo, para te fazer sentir vivo. Diz que precisas disto, de mim! Mais do que qualquer coisa, precisas da minha entrega total, para perceber os teus segredos e aceitar-te.
Excita-me.
Devora-me.
Cola o teu peito às minhas costas e diz o meu nome... 
Já!





 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

1 comentário:

Enriquece a minha pessoa com o teu comentário. Se vens criticar: não mudas em nada a minha postura... bem talvez me ria um pouco. Quem vem por bem, que escreva e se sinta em casa... Pink