terça-feira, maio 30, 2017

Nem tudo é culpa de alguém

As pessoas que não conhecem outras, não deviam falar (mal, mesmo muito mal) de quem não conhecem. Logo aqui se geram mil dados e links de comunicação errada que não dão em nada.
As pessoas têm uma identidade, uma história, uma experiência de vida e gostam (algumas) de a partilhar.
Nada de errado, se este mundo não estivesse cheio de carrascos prontos a gozar, humilhar, chamar nomes, adivinhem a quem? A alguém que não conhecem !


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

6 comentários:

  1. é inevitável que ao sermos confrontados diariamente com coisas que nos fazem sentir - bem ou mal - acabemos invariavelmente por criticar, estendendo essas críticas para todos, conhecidos ou não. acho a crítica natural, desde que não ofensiva ou gratuita, desde que fundamentada e não cair no criticar por criticar tão ao gosto da maioria. Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Miguel, o problema é quando falamos da vida pessoal de alguém que uma amiga não gosta e nem conhecemos a pessoa. Muito estilo escola primária...
      Beijinhos

      Eliminar
  2. A vida parece uma qualquer repartição pública.Bjoka

    ResponderEliminar
  3. tu sabes o mesmo que eu sei
    já não me afecta. desliga.
    o blog é para diversão, não para perseguição.
    as pessoas doentes fazem-no, sim.
    são doentes. ponto.
    ponto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o anjo é saudável...
      E eu estou a ficar :)
      Beijos

      Eliminar
  4. tu sabes o mesmo que eu sei
    já não me afecta. desliga.
    o blog é para diversão, não para perseguição.
    as pessoas doentes fazem-no, sim.
    são doentes. ponto.
    ponto.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.