quinta-feira, março 02, 2017

Em caso de dúvida

Não costumo desorientar-me quando estou com dúvidas. Em especial quando estou perante quem, por dever, mas tira.
Só não me sinto mais serena porque morreu um segundo filho a uma pessoa que muito estimo.
Não há nada como pensar, agir e fazer. 
Uma vez Pink sempre Pink , uma vez filha sempre filha, uma vez gaja com garra que não fecha blogs, sempre gaja com garra que não fecha blog seu blog.
Ah, e estou a usar calças.

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

7 comentários:

  1. não percebo muito bem
    um grande abraço para ti
    e a tua amiga.

    maior dor que a perda de um filho
    não existe...

    beijo

    ResponderEliminar
  2. Ás perdas são sempre muito complicadas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabou por entrar em colapso, está com o meu pai num hospital...:( São mais de 70 anos e o segundo filho que perde...

      Eliminar
  3. Pois Pink...coisas da vida..pois ela é feita disso mesmo...
    Força...e pronto nada mais a dizer pois estes momentos são sempre momentos complicados...
    Beijos...

    ResponderEliminar
  4. Olha minha querida, não consigo imaginar a dor e nem quero nunca conhecê-la.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.