sábado, janeiro 30, 2016

Redecorar

A minha casa está a lavar a cara e decidi começar por uma pedra "home is where the heart is", uns candeeiros novos, e as letras das iniciais minha e do homem. (se é para ser minimalista, há muita coisa para dar, e eu não sei se consigo) Mas não resisti. Aqui  

A DE BORLA (Retail park de Sintra) também tem estado a evoluir bastante.

O meu homem, amanhã vai correr a 26ª edição da Corrida do Fim da Europa, pois está claro, acaba no Cabo da Roca ah gajo, amo-te


Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, janeiro 29, 2016

Beijo-te na testa

Não sou superior, supero-me.

Peito

Ando no peito de cada um, e cada um me leva à sua maneira.
E o importante é que leva.
E hoje, sexta feira, estou-me nas tintas para isso.


Imagem minha, não autorizo partilhas em sites e blogs alheios
Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, janeiro 28, 2016

Never mind

Não sou superior, supero-me.

So porque me apetece

Dizer que afinal a semana não está a ser assim tão má, depois de ter dormido. A bateria de exames é no Carnaval e olé, aqui aqui estou eu.
Experimentei o sushi do Lidl  , que vem em doses individuais, e gostei. O lidl inova e inova gosto de muita coisa.

Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, janeiro 27, 2016

E o blogger retira-nos mais seguidores... 

Não sou superior, supero-me.

Estou viva

Estou viva!!!
DORMI 6 horas. Desde Sábado até hoje às 7h.
O meu homem viu -me com o aparelho na cara e chamou-me cyborg a noite toda...
Feito.
Superei-me, eu e a Dormidina ....

Não sou superior, supero-me.

terça-feira, janeiro 26, 2016

anti touradas

 https://docs.google.com/forms/d/1fo40s0PWSq4Itv6_vcNk9BdVD2r4LiMhBUpM88yPD18/viewform?c=0&w=1

Não sou superior, supero-me.

Coisas do sono

A próxima vez que o hospital me mandar is buscar um polígrafo do sono, que me explique que é para vir agarrado a mim...
Tenho que ir trabalhar com uma máquina nas mamas, um fio no braço, um sensor no dedo, e dois autocolantes nas bochechas que seguram uma coisa se se enfia nariz dentro... Ranho? Não posso ter.
Resposta das técnicas: " Não está impossibilitada de falar" , ora bem, mas entrei na farmácia e dei um espectáculo que só visto, quero ver, daqui a meia hora quando entrar na casa para quem trabalho.


Não sou superior, supero-me.

Preciso tanto

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, janeiro 25, 2016

Um dia foste, és.

 Um dia fomos um acaso muito interessante, na verdade continuas a ser um acaso, que por acaso, é interessante. Por acaso, ficaste, no meio de um multidão, um dia pediste-me algo, que não daria a muitas pessoas, o acaso, fez-se luminoso, conversa, companhia de anos, conversas poucas porque não são necessárias. Essas linhas tão pouco concretas que lês e eu escrevo e sabes tão bem o sabor que eu provei.


Não sou superior, supero-me.

Vem aí coisa

Depois de um fim de semana para relaxar onde nada relaxei, uma tarde de Domingo igual a um dia de semana, nada como acordar às 6h da manhã com um chá de trovoadas e raios e uma barragem a cair-me em cima da casa. Oh coisinha mais boa, nem o cão vai à rua! S. Pedro promovido, desde já, a funcionário do trimestre, uma algarvia não está habituada a isto. Amanhã o dia inteiro no hospital e a noite agarrada a uma máquina para coisa da "apneia do sono".
Dor de cabeça e pronto, esta semana, talvez este blog dê novidades, ou não.


Não sou superior, supero-me.

sábado, janeiro 23, 2016

Aposta que Amas

gosto desta série
 http://sicradical.sapo.pt/programas/aposta-que-amas
Diálogos hilariantes, sexys, monólogos, palavrões, uma mistura que me faz rir.Episódios muitos curtos, aos sábados de manhã na Sic Radical. Um Luis Eusébio ("Simão") muito sexy.



Não sou superior, supero-me.

Vai um churrasco, assim de repente?

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, janeiro 22, 2016

Bom fim de semana

Não sou superior, supero-me.

Deve ser um achado

 Se eu conhecesse o Indiana Jones dava-lhe a missão de me comprar um gloss sem cor. Só on line!!! (Diga-se que não cusquei muitas lojas ) mas porra, um gloss cristal, custa assim tanto, estar em qualquer maybeline, em qualquer loja de estética? Onde têm todos os armamentos?
Parece ser avc de gaja mas é de uma gaja que conheceu o gloss, só mesmo transparente, assim para dar um brilho.


Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, janeiro 20, 2016

De uma blogosfera diferente, tive saudades

Desta pessoa , das histórias que contava das suas viagens, do Cirque Solei, do seu carro, dos poemas que escrevia, das conversas que tivemos tardiamente no chat...
Saudades oitavo motivo.


Não sou superior, supero-me.

Jimmy Choo

Finalmente um casamento para eu vos mostrar ao mundo !



Não sou superior, supero-me.

Ai os homens



Não sou superior, supero-me.

Num qualquer local

Assim, de repente, deu-lhe aquela vontade súbita de largar o que já estava acabado,  embora todos os Domingos ela recebesse a visita dele e tivesse um cabaz de comida (não que ele precisasse, pois ganhava 10 vezes o ordenado mínimo) com tudo o que ele gostava. Ele pagava as contas, a casa era dos dois, mas ele ausente, corpo e mente ausente. De repente havia uma doença, havia um transtorno e quem sempre esteve ao lado dela, fez-se de desentendido. O que faz uma mulher nestas alturas? Uma mulher forte? Arregaça as mangas! Despede-se daqueles  luxos que a rodeavam há alguns anos, apoia-se em novas pessoas que gostam dela e começa-se a divertir, a conhecer outros grupos, sem esquecer quem ficou do seu lado quando esteve ao seu lado e o deixou por ela.
Surge outra cara, com o mesmo nome, dedicado, amigo, horas ao telefone meses a fio, e na altura certa, essa cara aparece naquele condomínio onde não se podia dizer um "ai", onde o técnico de som de fadista conhecida e o funcionário do Benfica, embirravam com estendais, cores de tapetes, idas ao sótão e a família de 4 filhos que destoava do restante silêncio. O exaustor mostrava a colecção imans , símbolo das viagens de trabalho dele, eram perto de 20, mau sinal...
A menina protegida estava, pela primeira vez sem ninguém, e fez-se à vida...


Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, janeiro 18, 2016

Novidades (para alguns) a caminho



Não preciso, exponho-me.

Vida Eterna-Bowie



David Bowie foi cantor, compositor e até ator, mas em 2000 lançou um álbum chamado Eternal Life (Vida eterna). Talvez na altura já sabia que a morte não o iria impedir de viver eternamente através do seu trabalho. De qualquer forma, encontrei um pequeno texto supostamente escrito pelo mesmo onde escreve que aceita a morte mas não a derrota, aqui fica...

"Eu vou morrer... Sei que faltam poucos meses para o fim da minha experiência terrena..O que faço? Eu me desespero, até em depressão, recuso a ideia da morte e finjo que a doença não existe? Ou decido vencer a morte.. Eu decido com a alma, porque só a alma e o coração dão-me a inspiração para compor música como fiz durante 50 anos..."

"Faço brevemente as contas e, ao que me dizem os médicos, consigo prever um afastamento mínimo a data do meu falecimento e fixo a saída do meu novo e último trabalho para o 9 de Janeiro de 2016, o dia em que faço 69 anos. Trabalho dia e noite, tenho tempo para compor, para aperfeiçoar, para interpretar, para gravar em estúdio e para fazer os vídeos... Eu faço o mais cedo possível porque não quero que pelo meu rosto se possa vislumbrar a morte que, beffarda, está a ceifar no meu corpo sem que eu possa me defender.."

"Mas eu te desafio, morte.... Foda-se se não te desafio!!! Eu desafiei e ganhei o mundo fanático dos anos 70 com o orgulho da ambiguidade... Amei homens e mulheres, fui homem, mulher, extraterrestre, e, no final, um corpo celeste. O que podes, tu, morte contra a minha eternidade, a minha genialidade, a minha loucura, a minha criatividade, a minha música que viverá para sempre?"

"Eu sou Lázaro, dilacerado pelas cicatrizes, morrer no corpo, mas viverei eternamente através da minha música! Já vivi o suficiente para receber os votos de feliz aniversário ao qual pensei que não iria chegar, para ver publicado o meu álbum... Sobrevivi ao 9 de Janeiro... E tu, minha querida assassina, perdeste! Pensa apenas que, se tu não tivesses batido na minha porta, as minhas obras seriam 24, fosse bem sucedido também a viver 100 anos, e em vez disso, graças a ti, são 25!!!"

" Sabes,... Eu vou ser livre como um pássaro "


Não sou superior, supero-me.

sábado, janeiro 16, 2016

Emocionante!

Surdo mudo sabe que vai ser pai. Eu chorei!




Não sou superior, supero-me.

Ou não

Não sou superior, supero-me.

A minha tarde vai ser



Não sou superior, supero-me.

Não é suficiente

Tu, aí em baixo que observas o palco.
Tu, sim, que deixas vir os meus defeitos e qualidades à luz.  Farás tu de mim, a mulher que vai para o Monte Olimpo? Irás comigo?

Perguntas e mais perguntas, tudo simples sem perguntas, mas a vida sem palavras não faz sentido, a literatura, os textos, meras frases provam que viver não é suficiente.




Não sou superior, supero-me.

Unidos

Adicionar legenda
Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, janeiro 15, 2016

uh lá lá

Marota....


Não sou superior, supero-me.

É nisto ... que reside o meu amor por 4 rodas

Não sou superior, supero-me.

Porque é que eu não bato em pessoas?

 Onde estão as pessoas?Debaixo do sapato? Esmagadas?
Não é lindo? sai em 38


Não sou superior, supero-me.

Afinal, continua ou não.

Há uns tempos atrás referi que trabalho com uma pessoa nada pontual. E que detesto a falta de pontualidade.
Tivemos uma conversa séria, se não existirem resultados positivos, não foi por falta de empenho da minha parte. A outra parte desculpou-se ( com as desculpas do costume)  mas continuamos a nossa relação profissional.
Tentou-se encontrar um "meio-caminho" para a falta de pontualidade. Sendo o que o meu há dias que tinha sido este: meia hora de atraso e não abro a porta nem atendo telefonemas.


Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, janeiro 14, 2016

Chegou !!!

Não conhecem, leiam sobre o assunto, eu pedi antes opinião ao meu J. e ele leu e disse: " Li e comprei" , o amor é lindo (para não retirar outra mensagem mais azeda da coisa mas saiu do bolso dele assim, posso ir comprar, coisas para ele, lol, é como funciona aqui)

Imagem retirada do google images


Não sou superior, supero-me.

Recomendo


 Só as profissionais de estética têm  acesso à embalagem de 500 ml, é muito bom, usado nas massagens em spas e salões de estética. Em casa, usar nas zonas de gorduras acumulada e as que deseja prevenir, conforme idade e organismo, aplicar sobre a pele seca (devidamente exfoliada 1 a 2 vezes por mês conforme a agressividade do exfoliante) em movimentos circulares (ascendentes) no sentido dos ponteiros do relógio. Antes de algum exercício físico e antes de dormir.
Se tiver possibilidade comprar o "irmão refirmante" que aplica de manhã.  Custo de 500 ml para profissionais no ramo : perto de €30.  Experimente pedir à sua esteticista, era o que fazia antes de ter o curso, há muitas que facilitam, fazer uma pausa na marca (em qualquer creme) de 6 em 6 meses. 

Não sou superior, supero-me.

Em bom português...

O ministro quando pode estar presente, ou não está para aí virado, manda o seu representante. Oh yeah!


Não sou superior, supero-me.

hum hum

Não sou superior, supero-me.
 “What strange phenomena we find in a great city, all we need do is stroll about with our eyes open. Life swarms with innocent monsters.” 
 Charles Baudelaire

Não sou superior, supero-me.

terça-feira, janeiro 12, 2016

Que saudades dos treinos

daquele parque, do treinador...  Eram os melhores fim de tarde naquele Agosto, estava estoirada do trabalho e vá 3 horas a dar murros, a correr arrastada sempre motivada com um " Força, até à árvore, não é essa é a outra!", "Hoje sais daqui a deitar sangue do nariz", aprendi a diferença entre lidar com um ataque de mão armada com arma de fogo e faca e tenho mais medo da faca, um gajo que tenha uma boa faca corta-nos as veias todas em segundos como se de uma dança se tratasse.
Aprendi a desarmar um tipo com uma pistola apontada a mim, a ignorar a dor, a adorar o meu treinador, cumplicidade única , um herói, um pai, um amigo, que nunca vou esquecer. Éramos só nós os dois naquele circuito. no fim, sentia-me purgada, no dia seguinte, podre, rota, com dores mas valia o esforço. 
 Um dia retomamos!



Não sou superior, supero-me.

Palhaçada



Como já disse  aqui tenham cuidado com os chapadões. Mas se quiserem rir-se um bocado, levem, artilharia e armadura.
(andam, andam, até vão a Exposende molhar o buraco que não vê  o sol, e talvez nunca veja água). Porque eu sou o assunto, pronto pá, não sabem quem foi o Marquês mas sabem que lá é o sítio onde podem virtualmente rir como se uma equipa de parvas adultas se tratasse. Como se os outros não soubessem distinguir sarcasmo de bullying, ai não? E parvoíce de estupidez gratuita?
Se não são assim tão incultas como julgo, subam o nível, brinquem às casinhas com os cremes que só sabem comprar mas não sabem aplicar. Brincar e na hora de dizer o que sentem, façam como eu: sejam brutas, frontais, cruas e directas, assim, haverá sempre o print screen.



Não sou superior, supero-me.

Tristeza

Quando ela queria que ele lhe tocasse e ele era apenas uma estrela no céu... 

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, janeiro 11, 2016

Na sexta , apresenta o seu novo trabalho e depois...

Morre o vanguardista, inigualável David Bowie. Poucos mais existirão como ele, era muito mas mesmo muito à frente...




Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, janeiro 08, 2016

Linda notícia! De chorar por mais!!!

Regava-o com gasolina e mandava-lhe um fósforo para cima.
Apagava o fogo mal retirasse estas barbaridades .


Não sou superior, supero-me.

Sou puta


"Sou puta
Quando uso a boca vermelha
Meu salto agulha
E meu vestido preto.
Sou puta
Mordo no final do beijo
Não fico reprimindo desejo
E nem me escondo na aparência de menina.
Sou uma puta de primeira
Acordo às 6:30
Pego ônibus debaixo de chuva
Não dependo de salário de macho
E compro a pílula no final do mês.
Sou uma puta com P maiúsculo
Dispenso o compromisso
Opto pela independência
Não morro de amor
Acordo sozinha
Cresço sozinha
Vivo na minha
Bebo em um bar de esquina
Vomito no chão da cozinha.
Sou uma putinha
Passo a noite em seus braços
Mas não me prendo no laço
Que você quer me prender.
Sou puta
Você tem o meu corpo
Porque eu quis te dar
E quando essa noite acabar
Eu não vou te pertencer
E se de mim você falar
Eu não vou me importar
Porque um homem que não me faz gozar
Nunca terá meu endereço.
E não é gozo de buceta
É gozo de alma
É gozo de vida
É me fazer sentir amada
Valorizada
E merecida
E se de puta você me chamar
Eu vou agradecer.
Porque a puta aqui foi criada
Por uma puta brasileira
Que ralava pra sustentar os filhos
E sofria de racismo na feira
Foi espancada e desmerecida
E mesmo sofrida
Sorria o dia inteiro
Uma puta mulher ela foi
E puta também eu quero ser.
Porque ser mulher independente
Resolvida
Segura
Divertida
Colorida
E verdadeira
Assusta os homens
E os machos
Faz acontecer um alvoroço.
Onde já se viu mulher com voz?
Tem que ser prendada e educada
E se por acaso for "amada"
Tem direito de ser morta pelo parceiro
Cachorra adestrada pelo povo brasileiro
Sai pelada na revista
Excita
Dança
Bate uma
Cai de boca
Mama ele e os amigos
E depois vai ser encontrada num bueiro
Num beco
Estuprada
Porque tava de batom vermelho
Tava pedindo
Foi merecido
E se foi crime "passional"
Pobre do rapaz
Apaixonado estragou a própria vida.
Por isso que eu sou puta
Porque sou forte
Sou guerreira
Não sou reprimida
Nem calada
Sou feminista
Sou revoltada
Indignada
E sou rotulada assim
Como PUTA!
Então que eu seja puta
E não menos do que isso."

-Helena Ferreira

Não sou superior, supero-me.

Quem se lembra?

Quando vinha a Lisboa, era paragem obrigatória...



Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, janeiro 07, 2016

Seremos nós

A mulher que todos querem que eu seja, jamais serei, isto com a idade vai mudando e uma pessoa começa a agradar quem está, quem faz falta, quem está no hospital horas à nossa espera com um lanche na mão, quem despe o pijama e sai do sofá para nos ir buscar pão quentinho, quem nos ama, quem nos abre os olhos, quem nos irrita: que se dane, ouve as verdades, aquilo que penso e sinto, pode ser mentira, verdade, é o que sinto. O meu monte Olimpo que tanto amo e estudo, a estupidez humana que teima em vir ao de cima num pântano cheio de crocodilos... Eu, ainda estou mais venenosa mas estou também mais amiga, mais amante, melhor filha...

 

Não sou superior, supero-me.

Katanas


As primeiros katanas que se fizeram, foram  notícia. Eram um presente da China para a Himeko Rainha durante a dinastia Wei, em 240 aC, começou a forjar espadas de aço no Japão, no século V. Naquela época, as lutas eram geralmente conduzidas a  pé, e as espadas eram retas e simples gumes. Chokuto chama. Subsequentemente desenvolveram um método para endurecer o aço. No período Heian (794-1184) desenvolveram novas técnicas de forjar espadas  com um lado de fora muito mais duro e outro, interior  mais macio. Na Era Kamakura Era (1184-1333), Minamoto no Yoritomo transferiu a capital de Kyoto para Kamakura. A Masamune famoso. O Katana (a arma clássica do samurai) surgiu no período Muromachi (1333-1568). No Nanpokucho era (1334-1393) o samurai iniciava uma rebelião contra o xogunato com a ajuda do imperador. Desenvolve-se uma espada de entre 1,20 e 1,50 metros para duas mãos utilização denominado odachi
€ 1,598,16 


Katana forjada a partir de meteorito


NO ENTANTO, EXISTEM LÍNGUAS BEM MAIS AFIADAS QUE NÃO SABEM O SIGNIFICADO VERDADEIRO DA PALAVRA RESPEITO EM COMBATE E O QUE SÃO ARTES MARCIAIS.

Não sou superior, supero-me.

Adoro este homem

Espero que os meus vizinhos também tenham este bom gosto



Não sou superior, supero-me.

Fui Nevoeiro

Fui nevoeiro. Lutei ao invés de me acomodar.
Agora consigo pairar sob cabeças feias e vazias e percebo que devia ser nevoeiro há mais tempo.
Vou ao Monte Olimpo, ver Deuses, ver cultura, ver descobertas. Vou ver quem é real, quem não mente, quem pensa por existir. Sou nevoeiro para ver razões, razões para traições, enganos, mentiras, roubos...

Não sou superior, supero-me.

As gavetas mal arrumadas

Voltam em sonhos, daqueles que não queremos acordar e queremos resolver tudo ali, no sonho, porque afinal, 20 anos, não se podem resolver num sonho. 

Não sou superior, supero-me.