terça-feira, dezembro 13, 2016

Não me dás atenção?



Parece que o que está na moda é não darmos atenção ás pessoas. Que pena, pois eu gosto de atenção, gosto de ser mimada. Dançar com alguém apenas com os olhos, gostar sem ser correspondido porque nada de mais genuíno há senão o que sentimos.
Penso eu. Por isso se me odeias, morre ou afasta-te do meu raio de visão, finge-te de morto ou transforma-te numa chuva forte que apenas molha o chão e não me incomoda.


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

3 comentários:

  1. Todos nós precisamos de atenção, a verdade é essa!
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  2. Pink...aqui te deixo...um abraço...BIG...e jinhos..ok... :))))

    ResponderEliminar
  3. Há por aí alguma regra implícita que diz que quem dá menos atenção sai a "ganhar", mas também é fruto da insegurança. Perdemo-nos em coisas parvas, é o que é...

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.