segunda-feira, novembro 14, 2016

Limão e limonada


A noite tem o efeito de uma mensagem de texto: desinibe. Prefiro um copo de BSE porque as mensagens ficam gravadas e as noites nas discotecas “acabam” de manhã… Por isso, mal fui parida, decidi ser desbocada, atrevida e brutalmente crua. 
Se a vida é puta, eu fui uma, mas só eu me permito chamar isso, porque só eu passei por isso, se a vida me deu um gajo que me fez vítima de violência doméstica, treinei Krav Magá , se senti a dor da solidão entre casamentos, ouvia música e dançava para os meus gatos. 
Se a vida me deu gente mal educada, mostro-lhe duas coisas: a minha má educação ou que sou uma gaja com berço. O desprezo não faz o meu estilo, se eu aprendi lições, quem não sabe um caralho do que eu passei (e não está neste blog), merece de mim outras lições. 
E não são sexuais...
Mas podem ser perversas
 

 
Sou eu, há problema?


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

7 comentários:

  1. Um texto belo e "duro" gostei de ler.

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Pink...degustei cada palavra ..tua e sabes ...adorei o teu..poison.. :)))
    A meu ver..e vale o que vale só sabe quem passou por elas ...palpites..eses...valem o que valem...
    Agora vamos ao bem... bom...essa mamocas...sem qualquer problemas... :)))
    Beijos-te...

    ResponderEliminar
  3. São caídas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tantos são caidinhos por elas😈😈😈😈😈😈

      Eliminar
  4. São lindas, de facto. Um apetite!Beijos
    Lucas

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.