segunda-feira, setembro 26, 2016

Sabes que te amo?



Sabes que te amo?
Que a minha vida és tu e que assim será para sempre, aconteça o que acontecer? Que é como se me risse nas tuas gargalhadas, de tão feliz que me deixa ver-te feliz? Que as tuas dores de garganta são as minhas noites mal dormidas?
Sabes que o amor de um pai e de uma mãe dura a vida inteira, seja de que tamanho for esta vida inteira? E que nunca se apaga, nunca se esgota, nunca precisa de alimento, mesmo quando um filho se afasta ou toma decisões inesperadas?
Sabes que te amo e que o teu abraço é o calor que me sacia, a energia de que preciso, a alegria que torna os meus dias insubstituíveis? Que és o melhor sentimento que tenho dentro do peito? Que és a parte melhor de mim, que está fora do meu corpo, e aquela da qual verdadeiramente preciso para ser feliz?
Quero-te uma vida inteira.
Laura Almeida Azevedo
excerto do livro "Apetece(s)-me"





SOU ÚNICA, o mundo está cheio de cópias..

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.