terça-feira, setembro 13, 2016

AMEI

 ...tem a sua pontinha de cabra.  :)

Isso de ser uma pessoa de bem, honesta, direitinha, por vezes cansa, principalmente, quando há alguns espíritos de porco que vivem a nos atazanar a cabeça. A vida com a suas paleta de cores, nem sempre pinta os quadros da nossa sensibilidade. E há quem viva pra ferir o nosso mundo estético e perfeito. Só pelo simples facto de sermos pessoas felizes. Nesses dias funestos, em que uma gaja apetece esganar o primeiro/a que aparece na frente, há que ser justo. Temos que encontrar uma escapatória para sair cá pra fora o nosso quê de cabra, pra isolar os inocentes das nossas garras maléficas.

Já disse aqui anteriormente, que não há melhor terapia do que ir às compras virtuais : ver tudo, experimentar tudo, fazer as vendedoras suarem em bica e sair de lá sem comprar nada. Sei perfeitamente que é uma coisa feia... mas antes isso, do que coisa pior.

Daí, numa conversa ontem de noite, com uma amiga minha de longa data, que carregava uma neura atómica durante o dia, resolveu ir ao Shopping da cidade à procura de um fato de banho. Detalhe: toda gaja sai de casa com uma ideia clara do que pretende, mas como toda gaja que se preza... é adaptável. Então essa minha amiga entra numa loja de lingerie e as duas balconistas se apressam a fazer as honras à única e inestimável cliente.

"Olha sabes que hoje fui ao Shopping à procura de um fato de banho e fui lá à lojinha de lingerie...estavam duas loiras, uma miudinha e outra mais velha qual delas é a  mais jararaca..." começou ela.


"Que falam com voz nasalada??Armadas em cagonas??" perguntei, sabendo logo que isto ia ser divertido...
"Sim...fiz-las desarrumar aquela merda toda e depois não trouxe nada... tudo muito antiquado e pipi"

"Temos que combinar isso um dia todas nós juntas...mas então reviraste a loja toda né??"

"Sim sim, ele foi fatos de banho dos mais caros,ele foi bodys, soutiens, cuecas, cintos de ligas..."

Eu imaginando a cena toda e comendo um salame de chocolate e bebendo groselha me engasguei de rir...

"...ficaram com aquela merda a cair para o chão...balcão cheio"

"E tu nada né?"

"...depois disse que nem era pelo preço, era mesmo o design que era muito antiquado para o que eu pretendia"

"Enaaaaa... queres incendiar a cidade pá..."

"...devias de ver as duas de boquinha tipo goraz fora de água..."

Então imaginem a cena...as vendedoras a mostrarem tudo e ela...

"...via um e dizia...isso já não se usa"
"...castanho? Adoro para sobretudo, mas para incendiar um homem não serve...venha outro"
"...preto? Batido. Não faço o nº do varão..."
"...branco? Porra,eu fugi do casamento a sete pés!!"
"...dourado? Isso só quando andar de space shutlle..."
"...cor de vinho? Esta cor só mesmo para as frustradas que tem que aguentar as sobras das bebedeiras dos maridos"
"Cinzento? A vida já é demasiado cinzenta..."
"...vermelho tem ? Ahh... de momento não...então não conhecem o sentido de paixão nesta loja...deixe estar...vou procurar noutro lado e depois, logo decido.É que, uma ocasião especial é sempre uma ocasião especial a dois...obrigada...e saí."

E esta minha amiga.. saiu de alma lavada e sem mais tensões. Embora não tenha encontrado a lingerie bota-fogo, há de encontra-la de certeza absoluta. Por outro lado, diverti-me imenso a visualizar no meu T-Zero a cena toda, sabendo que esta minha amiga, simples e boa pessoa, quando quer, afivela um arzinho arrogante e de cabra Q.B.

E morenaça como ela é, o vermelho fica-lhe mesmo a matar... ;)

Malta, se acautelem...as mulheres 2X20 não vão em modismos...

Apareçam

Rakel.

Publicada porRakel| |
SOU ÚNICA, o mundo está cheio de cópias..

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.