domingo, junho 12, 2016

Gente pequena


" Gente pequena
é aquela que, matematicamente, é ainda menor do que a medíocre. Gente pequena cuida de gente, cuida de coisinhas em geral e fala levianamente do que não sabe. Gente pequena procura culpados e esquece que o mundo carece de soluções. Gente pequena não tem amigos, tem aliados. Aliados até a próxima estação, até quando aparecer o sol, até quando a aliança valer a pena. Não foi apresentada para o respeito ao próximo e não tem preocupação em trilhar o caminho do meio, aquele em que é necessário levar uma mala pesada desta outra que lhe é desconhecida, a tal retidão. Faltou na aula quando ensinaram o que significa lealdade. Gente pequena é servil porque não sabe bem o espaço que ocupa e pra que ocupa. Tem aquela preocupação sobre o seu lugar perante os outros, se embaixo ou em cima porque não consegue enxergar que, na verdade, estamos todos lado a lado, pra sempre. Gente pequena não tem assunto e assunta a vida alheia. Tem medo de traição. Gente pequena sempre entende crítica como agressão. Gente pequena tenta se vingar ao invés de melhorar. Gente pequena não sabe dividir a atenção de quem gosta, porque não conhecendo o seu próprio valor, tem medo de perder, pq não conhecendo o seu próprio tamanho, tem medo de ficar na sombra. Gente pequena tem dificuldade de olhar no olho do outro, por medo de se enxergar. Humanos que somos, penso que vamos nos apequenar algumas vezes na vida. O problema é que tem gente que não consegue crescer.
O mundo precisa de gente grande, mas de gente pequena tá assim, ó. Uma pena." Deste blog

Sou o que quiseres... quando eu quiser.

2 comentários:

  1. Ah menina... oq e há de gente pequena nesse mundo....É como dizia meu pai... "para te ferrar fazem fila"... pra te ajudar "nem uma pila..."!

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.