quarta-feira, 6 de abril de 2016

Normal e anormal II

Sou o que quiseres... Mas quando eu quiser.

4 comentários:

  1. sem comentários...
    Beijo Pink de um (a)normal ;-)

    ResponderEliminar
  2. Isso mesmo... a grande patologia do mundo moderno é:"EU TENHO....!!!"
    E enquanto formos avaliados pelo "ter" e não pelo "ser", a sociedade virá abaixo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devíamos ser avaliados pelo que temos no coração e não na conta bancária... E a sociedade não devia descriminar as doenças com dores invisíveis, actualmente causam mais mortes do que as outras... precisamente pelos preconceitos

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo (se fores uma besta quadrada, nem vale o esforço de escreveres).

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.