sexta-feira, fevereiro 27, 2015

É isto de fazer anos

Acordei com uma prenda ao meu lado na cama, o meu pinko, ai o meu pinko.
Grave é que o meu pai ainda não me ligou, nem a madrasta, a canalha lá de baixo. E viva o facebook que avisa toda a gente.
E a porra de dor que tenho no estômago?  Será brinde?

Não sou superior, supero-me.

terça-feira, fevereiro 24, 2015

Do aniversário da Pink Poison

Sexta feira completo 39 Primaveras.
Estou cabisbaixo, pedi ao meu homem para não lembrar a mãe, tarde demais, cabisbaixo, doente e com dores , em especial numa determinada parte do corpo, já adiaram uma consulta 3 vezes, a ver se quinta é que é. Pedi ao homem um jantar "à americana" por é a semana americana no Lidl, só para estar no meu canto sossegada. É a primeira vez em 10 anos que estou fora do Algarve que não pedincho ao meu pai para vir almoçar comigo. Assim não tem piada

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, fevereiro 20, 2015

As opiniões dos outros

Não gosto, particularmente, de ouvir uma opinião mal "opinada", quando é só para chatear ou marcar presença. Na verdade, são poucas as pessoas que sabem falar sobre tudo um pouco, e as que não sabem, conseguir admiti-lo. Ninguém nasce ensinado, mas, meus amigos, vivemos numa sociedade de informação e saber falar é uma imposição tão grande como saber escrever dado que hoje em dia a escrita se sobrepõe à voz na comunicação.
Detesto juízos de valor, tento ao máximo não os fazer ... Não façam parte do rebanho e tenham personalidade. 

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, fevereiro 19, 2015

Estou doente

Não devia escrever isto aqui, ou devia já nem sei mas este é o meu espaço. Estou doente e não me desejem as melhoras. Esperem apenas que tenha bons médicos, logo agora o meu médico de família está doente e sinto-me um pouco perdida no que toca a pedir exames e afins.
É uma luta de várias etapas, são várias as coisas que tenho que "compor" e confesso que me sinto um bocado sem forças para tanta volta, porque raio não é uma recta?
E é isto.

Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, fevereiro 18, 2015

Somos assim

Não sei muito bem o mal que me assola mas li hoje uma dado estatístico que me assustou...
Estudei estatística , existe a margem de erro, existe a possibilidade de algo mudar.
Ou eu mudar?
Sociedade informada a mais? 

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, fevereiro 16, 2015

Coisas que nos matam por dentro e por fora


  1. Sedentarismo
  2. Depressão
  3. Desgosto de amor
  4. Problema de saúde grave
  5.  Falta de companhia
  6. Falta do toque humano
  7. Vomitar depois de comer vezes sem conta, dias sem conta, meses sem conta
  8. cortes, que aumentam a profundidade a cada dia que passa

Sabem o que mata mais? A ignorância dos outros que depois se lamentam porque não nos ajudaram.
  1. Não sou superior, supero-me.

sábado, fevereiro 14, 2015

Esbardalhice deste dia

Vá já têm prenda? Roupinha nova? O postal? O restaurante marcado? O programa da noite acertado? A conta a zeros? Meus amigos que dia tão oco, no entanto tão rico em história, para nos desculparmos para dizer a palavra amo-te.
Só amam neste dia?

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, fevereiro 12, 2015

Isto das bloggers famosas

Ainda estou pasma como não descobriram os meus talentos (que não passam por moda).

Não sou superior, supero-me.

sábado, fevereiro 07, 2015

Das pessoas

Temos a mania de dizer que esta ou aquela pessoa "não se manca". Esquecemo-nos que essa pessoa, tal como nós e os nossos, tem amigos, um amor e nõa, pasmem, não é a pior pessoa do mundo e há quem goste dela. 

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, fevereiro 06, 2015

A minha frase do momento é a de sempre

Não gosto de lugares comuns.
Não gosto de velhas máximas, velhos ditados.
O tempo passou e a sua utilização também. Há dias usei um: quem desconfia, de desconfiar é... Foi só para impressionar, confesso, pois não acredito no senso comum e pouco na sabedoria popular embora ficasse "meio esquisita " quando via a minha avó adivinhar o tempo ... Há no "pouco científico algo que me assusta, depois lembrei-me que 80% deste blogue são desabafos que ninguém entende.

Não sou superior, supero-me.

Saudades de há 10 anos

Saudade é uma palavra dura de roer. Daquelas que nos mostram que aquilo que gostamos está longe ou nunca mais volta. No meu caso, está apenas a 300km, mas é uma trabalheira lá ir, ao meu Algarve, de onde saí há 10 anos. As pessoas mudaram, puseram rotundas em todo o lado, mas eu, na minha cabeça, vejo tudo como se há 10 anos se tratasse e prefiro assim. Não existiam smartphones, não havia a mania da net e facebook nem vê-lo... Além do que estava muito mais magra... Siga... Não era amada verdadeiramente,  sentia-me um pouco sem rumo a viver com uma avó que num instante tem dois cancros e morre e morreu um pouco de mim. Esse pouco veio para cima mas nunca mais será como há 10 anos...

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, fevereiro 05, 2015

Mais dias para o mês

Perdi tempo para me lamentar com coisas que não me afectam directamente. A minha vida traz-me problemas, histórias, desilusões, sorrisos e lágrimas que cheguem para falar de mim e dos meus desejos e anseios. Parece que, de repente, aquele número que tanto queria só para mandar o gajo "meter-se com outra", já não interessa, o que interessa é a minha saúde, o meu amor, os meus gatos, o meu pai, o meu cão e até se o o meu Ipod tem as músicas certas para adormecer,
A quem me lê, agora menos, prometo, que este ano voltarei a postar mais vezes num mês do que os dias do prórprio mês.

Não sou superior, supero-me.