sexta-feira, dezembro 04, 2015

E ele pediu

Naquela noite, ele pediu-lhe apenas um "até amanhã" porque sabia ser a única coisa que nela, não seria certa. TWloha

Não sou superior, supero-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.