sexta-feira, dezembro 04, 2015

Do fim de semana e de tribunais mal amanhados


Este fim de semana não vamos estar no sofá. Que, sábado e domingo, é a nossa cama.
ele, bem, ele faz o que tem a fazer que eu não tenho que expor aqui, eu trabalho Sábado e Domingo, convite para uma francesinha em família sábado à noite e Cordoaria Nacional à tarde. Isto é um exemplo de um post dito "normal" mas como eu sou uma anormal do caraças, chegando mesmo a ser doente, louca, (tão louca... como diz a canção), não faço posts destes nem no facebook, isto é coisa de gente que espeta a vida na net, eu espeto a vida no blog se for algo muito mais marcante do que uma francesinha ou uma visita à Cordoaria e, oh que merda, trabalhar Sábado de manhã e domingo à tarde.
Todos os grandes pensadores, criadores, iluministas, cientistas, tinham uma pancada, eu sou grande e tenho pancadas. A arrogância é uma delas.

Não sou superior, supero-me.


esta imagem é minha, pertence-me, não dei/dou autorização a ninguém para a expor em qualquer página, /site/blogue.

9 comentários:

  1. Quem não gosta , não come. Vèm aqui fazer o quê? Precisas disto? Continuas assim que os teus amigos andem aí. T.

    ResponderEliminar
  2. Adoro-te miúda!
    A elegância de uma bofetada com luva branca.
    Gente descompensada sem vida própria.não estragues a beleza com gente inferior
    beijinho
    Verónica.

    ResponderEliminar
  3. Merci Verónica. Beijos grandes

    ResponderEliminar
  4. Da tua amiga de Albufeira4/12/15 14:15

    Essa fulana, como é burra goza com o desconhecido. quando ela tiver tomates para vir dizer a quem chamou de porcas, cá em Albufeira, ela deixa de gozar contigo e de ter como fãs, umas gajas sem categoria que lhe fazem massagens ao ego e ela julga-sea maior. Sabes bem o teu valor, minha porquinha de Albufeira, não fosses tu minha amiga há mais 20 anos. Dinora

    ResponderEliminar
  5. Ah, ah, ah, sua porca!!! adoro-te!

    ResponderEliminar
  6. Belas e fascinantes mamas. Irresistíveis.
    Sou gaja, boa, bonita e elegante e morria por as beijar.
    Não leves a mal porque não sou lésbica, mas que me apaixonei pelas tuas maminhas isso apaixonei. Hummmmm, delícia.
    Beijo doce para ti, encanto.

    V...

    ResponderEliminar
  7. Há gosto para tudo, umas passam os dias a falar mal, outras elogiam, obrigada e não levo nada a mal.Beijos para ti

    ResponderEliminar
  8. Querida, ouve a voz da experiência há 29 anos a conhecer o mundo, principalmente o feminino.
    Essas que falam mal das tuas maminhas que são lindas como um sol sobre um campo de flores, são as tipas fracassadas e mal amadas com as mamas que são uns bandulhos a lembrarem-lhes a lei da gravidade que quando se despem vão até aos joelhos, e quando veem umas mamas lindas de morrer como as tuas explodem de inveja.
    Não ligues e quando falarem mal das tuas maminhas, ri para ti e pensa na raiva que elas estão a sentir. Que morram todas, as descompensadas com mamas de sopeira e corpos de matronas carregadas de crias.
    Beijos doces, Linda!
    Adoro-te, Beleza!
    V de Verónica.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.