quinta-feira, outubro 24, 2013

Raios partam!!!

Sim, eu podia agir segundo as regras. Mas regras? Regras o tanas, me marquem a ferro e fogo que eu não obedeço a regras criadas por preconceitos que nada mais são do que conteúdos idiotas e vazios. Se sou assim, sou assim, não por ser mal amada ou ter falta de sexo, (motivos que os ignorantes costuma apontar) mas porque tenho um cérebro para decidir (mal ou bem).
Se suamos uma hora com alguém, amamos uma hora, a entrega é total... De corpo e alma me têm, quem me tem.
Se tens frio, eu mantenho-te quente, se queres ir para a chuva, eu vou contigo e adoeço contigo.
Mostrem as vossas fraquezas as revoltas, chorem, mas purguem-se... Porque alguém vos dará a mão, mesmo que sofra imenso, mesmo que ninguém acredite, acreditem em gestos bons , em palavras boas... Porque elas andam aí!

Não sou superior, supero-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.