quinta-feira, novembro 29, 2012

Eu sei

Eu sei que a minha frontalidade assusta mas o cinismo não assusta muito mais? 

Não sou superior, supero-me.

domingo, novembro 25, 2012

A Santa do seu blog num blog de sexo

Diz-se por aí que a Santa, namora com um tal que só de dizer a palavra "pinar" lhe causa garagalhadas... Tudo bem, cada escolhe a imagem que deve ter... E não é que encontro a moçoila num blog de um gajo que pensa que mandas as "berlaitadas" que diz que manda, a contar que esteve com rapazes mais novos (sendo que ela nem 30 tem) e que recomenda. Muito bem, sua cabra, cínica e estúpida. Agora também carregas a máscara da santa. (a do Ar Condicionado). Por é que eu sou muito mas muito melhor do que tu: assumo o que sou, aqui, na china, tromba desse estupor do blog e de quem vier... Caraças não há nada como ser-se genuíno!

Não sou superior, supero-me.

Eh pá, trava aí um bocado

Por acaso, quando dividimos o Brasil em capitanias, algo fez os capitães donatários entrarem em rivalidades... Nenhum brasileiro engole este facto e tentam por tudo ter uma língua própria. Não têm. Pior, quando a usam é mesmo para se diferenciar de nós, os portugueses.
É história, passou, mas a educação, essa ninguém, mas ninguém tem que conquistar um país para ter indígenas bem educados a recebê-los...
Tenho dito

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, novembro 23, 2012

Não há desculpa

 "Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o nosso encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos se
mpre o telefone, a campainha da porta, lemos sempre a mensagem que nos deixaram no vidro embaciado do carro desse Inverno rigoroso. Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - vamos para o local do acidente com a carta amigável, vamos ter com ela ao corredor do hospital ver como estão os pais, chamamos os bombeiros para abrirem a porta, mas nada, nada nos impede de estar juntos, porque nada nem 
ninguém é mais importante, do que nós." Fernando Alvim

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, novembro 19, 2012

APELO A TODOS

No dia 15 de Dezembro, eu e um grupo de pessoas que fazem parte de um grupo numa rede social, vamos andar por Lisboa a distribuir bens básicos aos sem abrigo. Quem quiser colaborar comigo, pode contactar-me para o mail: aguapera@gmail.com. Os artigos que mais se vão dar é:
  • enlatados
  • mantas
  • Roupas quentes 
  • Comida 
  • Produtos de higiene  
TEMOS TODOS MUITO POUCO MAS SE DERMOS UM BOCADINHO, MELHORAMOS A NOITE DE ALGUÉM NEM QUE SEJA COM UM SORRISO.


Não sou superior, supero-me.
Não sou superior, supero-me.

260



 Entre uma bola e outra, entre dois mundos e entre uma espada e a parede... algo que flui, a melodia que em mim entra e une mundos, une mentes mas que me mantém na corda bamba, Rasgos de sorrisos, rasgos de afectos, rasgos de um mundo melhor que não existe. Existe um mundo alternativo, onde se diz o que se quer, nu, cru, aos gritos, aos saltos, com olhares, com mãos e com palavras sábias na altura certa... Na corda bamba, há sempre uma terrível distância do chão... chamo-lhe a 260.


Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, novembro 16, 2012

E corro

E assim corro, em busca não sei bem do quê, como o alquimista que correu o mundo e tinha dentro de si a alquimia.
A alquimia de ver tudo com os seus olhos, e interessam os dos outros?
De que adianta termos suores frios quando alguém liga, quando alguém respira quando não podemos correr para ela?
Adianta.
Sentimos
Procuramos
Sonhamos
Alimentar-nos
De sonhos?
Sim, seja, Sonho, acordo, passa o dia e sonho de novo, a conduzir, a falar, sozinha ou não... Correr sim vale o esforço, de desejar, de desejar ser desejada, de gostar , de amar e guardar, na caixinha do nosso coração o que aqui vai.
Porque a pessoa é linda , da beleza
mais estonteante que se conhece, porque não importa o mundo, o mundo nada nos dá, as corridas em busca do nosso sei lá o quê, vale, o suor... Como num treino de Krav Magá...

Não sou superior, supero-me.

O complexo do directo

Estar no palco não é simples, Pergunto-me se no "meu" Monte Olimpo será mais fácil?
Fácil?
Nada fácil. Ser um Deus grego exige perfeição, exige estar na palma das mãos de alguém.
Ou...
Tu..
Tu aí que me assistes, estás na palma da minha mão tal como um DJ prende uma multidão, eu prendo-te como se fosses um X como  valor para descobrir por uma fracção...
Grito.
Grito muito.
É essa a real forma de verem que existe aqui alguém que odeia o mundo em que vive?
Grande Constantino, Grande Renascimento, depois disso o que restou para criar?
Eu.
A pink poison.


Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, novembro 08, 2012

O silêncio não me move

Certas atitudes e ações exigem uma confiança, a mínima em circunstâncias difíceis, mas zero confiança não me move.  Tirei um doce da minha boca, precisava dele e queria-o mas olha, que fazer se o doce nunca mostrou sabor? Que fazer num curto espaço de tempo, sem saber esse sabor?

Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, novembro 07, 2012

terça-feira, novembro 06, 2012

Falar da vida? Não, prefiro mandar o mundo à merda

  1. Pedófilos e quem mal trata animais, preciso de rever um golpes Krav Magá
  2. Cuidado, muito cuidado a quem me mal trata , conhecem a base e o o expoente, recebem o troco elevado a 1000
  3. Que merda é esta pá? Sou única? Eu? Eu nasci de um pacote da Farinha Amparo, não sou a pessoa especial, sou apenas a Pink, se sou boa, lamento, aproveitem que não vivo sempre
  4. Com a idade reconheço que prefiro gente com predicados pouco convencionais mas educação
  5. "Dás-me tusa"... Dou? tu a mim, nem por isso
  6. defendo com unhas e dentes e side kicks quem me ajudou, não amigos, pseudo amigos mas sim quem esteve comigo nas horas que precisei (Sim Tiago Ramos, tu fizeste uma, UMA, coisa que mais ninguém fez e SÓ por isso te faço a vénia mas não te defendo)
  7. Gosto de gajos sem pêlos na zona anal
Olha que porra, somos feitos de carne e osso, somos todos uma merda e somos todos uns doces, depende de tudo o que nos rodeia...  Eu, não mordo a minha língua, ficava toda cor de rosa!

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, novembro 01, 2012

Tradições

Deixei de respeitar as tradições.
O que não devia, digo eu, porque toda a gente que está com menos dinheiro, está a perder os escrúpulos, porque eu faço trocas no facebook e troco por coisas que me dão jeito, dei por mim a ser um meio apara atingir o fim de uma miúda dar prendas de Natal com o que trocava comigo. Eu? Não vou oferecer nada. Não preciso, ofereço ao longo do ano, ofereço com a minha amizade, com o que tenho para dar... A mim, pode ser um A8 de 1999... (Esta tradição não muda ihihih)

Não sou superior, supero-me.