quinta-feira, agosto 30, 2012

Homeland

Alguém me sabe dizer quando começa a nova temporada de HOMELAND?


Não sou superior, supero-me.

terça-feira, agosto 28, 2012

Dos gabarolas

Eu despeço as pessoas onde me apetece, no outro dia fui ao livro de reclamações do Aki de Alfragide e pimba, na outra semana a tipa já lá não estava...

POIS É, PODIA ESTAR DE FOLGA OU NOUTRO TURNO

Eu sei onde você trabalha e ainda pensei mas depois, ah não vale a pena.

POIS AMIGUINHO, NUMA MULTINACIONAL É MAIS COMPLICADO.

Eu tenho amigos na judiciária que disseram que iam lá e resolviam logo a questão...Mas depois tive pena...

AH POIS, A JUDICIÁRIA NÃO PODE ACTUAR ASSIM

Eu tenho uma arma e se alguém me tenta assaltar o carro, atiro a matar. É logo...

Que alminhas tão tristes




Não sou superior, supero-me.

Ora bem

Só o que está morto não muda!
Repito por pura alegria de viver:
A salvação é pelo risco,
Sem o qual a vida não vale a pena!!!"
Clarice Lispector



Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, agosto 24, 2012

quarta-feira, agosto 22, 2012

O Patudo

O patudo está a adaptar-se e adora os miaus da casa, eles não gramam.
Mas o bico tem que ir de elevador e vir de elevador para satisfazer as suas necessidades, não sobe escadas... Fino o gajo.


Não sou superior, supero-me.

sábado, agosto 18, 2012

SE EU TE DOU VIDA, POR QUE ESPERAS? (o spam é o meu melhor amigo)

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, agosto 16, 2012

Arranhador de gatos

Algum menino aqui que perceba de bricolage, me constrói um arranhador de gatos?

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, agosto 13, 2012

O novo 4 patas da casa

Este Perdigueiro, tem 10 anos. Foi deixado no canil, por já não caçar bem, embora "não se entendesse" como caçador mais novo. E vou ficar com ele... É que ainda por cima é mal tratado pelos outros no canil...
Vamos ver como é que os felinos da casa reagem...

Não sou superior, supero-me.

Burro ou Inteligente?


Um dia, um burro caiu num poço e não podia sair dali. O animal chorou fortemente durante horas, enquanto o seu dono pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que já que o burro estava muito velho e que o
poço estava mesmo seco, precisaria de ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena esforçar-se para tirar o burro de dentro do poço. Chamou então os
seus vizinhos para o ajudar a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a atirar terra para dentro do poço. O burro entendeu o que estavam a fazer e chorou desesperadamente. Até que, passado um momento, o burro pareceu ficar mais calmo. O camponês olhou para o fundo do poço e ficou surpreendido. A cada pá de terra que caía sobre ele o burro sacudia-a, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até ao topo do poço, passar por cima da borda e sair dali. A vida vai atirar muita terra para cima de ti. Principalmente se já estiveres dentro de um poço. Cada um dos nossos problemas pode ser um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos buracos mais profundos se não nos dermos por vencidos. Usa a terra que te atiram para seguir em frente!



Não sou superior, supero-me.