domingo, maio 13, 2012

Feira da Ladra

depois de uma noite de puro ócio no sofá e no pc, eram 5h da manhã. Tive a brilhante ideia de irmos à Feira da ladra onde eu há muito ansiava ir. Red Bull, bolachas, mochila, passagem pelo multibanco, sacos e lá fomos. Eh pá, posso parecer uma criança mas só os livros... trazia-os todos. mas trouxe alguns sendo que o principal é de um dos primeiros humanistas do Renascimento: Erasmo de Roterdão, "Elogio à Loucura", regateámos preços, e o Pink teve que ir ao Multibanco outra vez...
Comprei uma pequena aparelhagem nova, que, entre umas 20, o Pinko escolheu a que não funciona e Terça , ele, o especialista da coisa, vai trocar. (Por 10 euros com umas colunas muitos fixes, reclamo de?), a melhor frase que ouvi foi a de um senhor a quem comprei umas velas e um livro sobre o Renascimento, a propósito de um monitor de pc: "Olhe, eu não não sei se funciona pois é... Devia devia ter experimentado mas, menina, de onde isto veio, o melhor é não levar"...
Quem vende é simpático e acolhedor...
Gostei.

Não sou superior, supero-me.

1 comentário:

  1. Adoro feiras da Ladra e adoro Primavera e Verão para ir às feiras da Ladra :D


    Beijo

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.