sexta-feira, setembro 30, 2011

Sabre corta coração

Uma menina está no seu palco, panos que a cobrem e a astúcia de mexer num sabre. Pensa ter tudo, não respira, está atenta, está cortante e, com voltas melodiosas, vai cortando tudo o que lhe surge. Uma corda com um coração suspenso. Cortado ao meio com a velocidade de quem sabe ser o que quer. A menina cai, chora, grita e perde os sentidos. Está pronta para que um sabre lhe dê paz.

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, setembro 29, 2011

3 anos: um menáge de blog

Foi ontem que o "meu mundo" fez 3 anos...
Penso que eu, em altura alguma, deixei de ser eu e de manter a linha do blog: (matar, exfolar e outras graçolas)





Não sou superior, supero-me.

Dos meus Moinhos

Este é um sítio onde gosto de ir, para pensar ou apenas observar... E ter boas conversas... É lindo mesmo. (quanto a mim)

Não sou superior, supero-me.

Quase um Poema de Amor

Quase um poema de amor
Há muito tempo já que não escrevo um poema 
De amor. 
E é o que eu sei fazer com mais delicadeza! 
A nossa natureza 
Lusitana 
Tem essa humana 
Graça 
Feiticeira 
De tornar de cristal 
A mais sentimental 
E baça 
Bebedeira. 

Mas ou seja que vou envelhecendo 
E ninguém me deseje apaixonado, 
Ou que a antiga paixão 
Me mantenha calado 
O coração 
Num íntimo pudor, 
--- Há muito tempo já que não escrevo um poema 
De amor 


Miguel Torga

Não sou superior, supero-me.

Beast, have something to eat

No dia em que eu precisar de uma s folhas com letras para ser gente e ser autêntica, meus amigos: matem-me!

Não sou superior, supero-me.

terça-feira, setembro 27, 2011

Correspondência 1930

Na vida de toda a gente há braçados floridos dessas tolices sem importância. Só a raros eleitos é dado o milagroso dom de um grande amor. Eu teria muita pena que o destino não me trouxesse esse grande amor que foi o meu grande sonho pela vida fora. Devo agradecer ao destino o favor de ter ouvido a minha voz. Pôr finalmente, no meu caminho, a linda alma nova, ardente e carinhosa que é todo o meu ampa­ro, toda a minha riqueza, toda a minha felicidade neste mundo. A morte pode vir quando quiser: trago as mãos cheias de rosas e o coração em festa: posso partir contente. 

Florbela Espanca


Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, setembro 26, 2011

Do meu pai

Pink: "Pai mas tu não estás em condições de XXXXXXXXXXXX"
Pai: "'Tás parva? Pensas que tenho 35 anos como a minha filha?"
Pink: "A filha de 35 a quem dão 30? Sou eu"
Pai: " Foca" ('Tás gorda)


E deu-me uma ideia para lavar a louça com o dedo cheio de 837428357 metros de ligadura: um preservativo preso com um elástico.


Não sou superior, supero-me.

Cartas de amor



Não sou superior, supero-me.

domingo, setembro 25, 2011

Ai vidinha

Conduzir, leia-se 300km, com um dedo branco da grossura de uma cenoura é obra. Isto não doeu só na altura mas dói todo o dia.
  • Travão de mão: esquerda
  • Ignição: esquerda
  • Banho: uma anedota
  • Lavar a loiça: ridículo
  • Treinos? AH! O que "vai ser isso?"
  • Escrever: LOL
Pink, pink... nunca roeste as unhas e agora arrancas uma...

Não sou superior, supero-me.

Sem unha

O meu dedo indicador foi mutilado, por uma descuido meu: arranquei quase a unha toda... E eu que detesto essa cena de unhas desde o fimle "A Mosca"...


Depois de uma ida às urgências:


Não sou superior, supero-me.

sábado, setembro 24, 2011

Conselhos aos homens que discutem aos berros

Homens, reparem neste meu conselho:
" Eh pá, eu vou-te foder todo!"
"Ah vais? Porquê? És paneleiro?"

Percebem? Se for a uma mulher, ela diz: " Oh coitado, isso querias tu!"


Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, setembro 23, 2011

Da coisa dos coisos

Da casa dos segredos.
  1. Se os homens fossem trinca-espinhas, é porque eram mas como são gajos de ginásio, também se critica
  2. Se as mamas fossem pequenas, ui "kórror", como são grandes, é o horror na mesma
  3. Estão ali a fazer figuras. Não serão as missões da "voz"? coisas que estavam no contrato que todos leram e assinaram?
  4. Choram, riem, conversam, bem são pessoas, certo?
  5. QUEM NÃO GOSTA, MUDA DE CANAL
Pronto pá, quem sou eu para julgar? Eu também queria 50 000 euros, com mamas ou sem mamas, com músculos ou sem músculos.

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, setembro 22, 2011

Ferro e Fogo

Existe a ansiedade da entrada, a ansiedade da saída. Isto impede as pessoas de aproveitarem o que está entre um momento e o outro. Hoje passei por uma experiência sobrenatural, os mais cépticos que me desculpem mas eu também só acredito vendo e vi, senti, falei, chorei, vivi...
Como se vive o som de um acorde numa guitarra que é melodia para nós, como o som de uma mota sem ponteira é música para nós, como se arrepia alguém só de pensar.
Pelas entradas e saídas deste mundo, e do outro, todos passamos, todos andamos aqui e acolá e a verdade é que, para mim, somos todos todos farinha do mesmo saco. Estamos todos na mesma esquina à espera do mesmo: da eterna felicidade. Poucos a constroem, acham que estão bem como estão. Lamento que os que querem muito e nada conseguem. Lamento muito os que pensam que são mesmo diferentes só porque querem, só porque é "bem" ir contra as regras. Ser diferente, é saber como se afirmar, como dar a mão à palmatória e é ser. SER. De ser, de sentir, se gritar e pular, de gemer e suar, de rodar o volante e fazer peão, de fechar olhos e chorar, de correr e suar, de murros dados à nossa maneira, da maneira que nos treinam, é escolher o que nos faz sentir bem, é gritar e ser ouvido, é espernear e acertar em alguém, com um olhar, com uma frase.
Gostar sem estranhar.
Entregar sem cobrar
ter o que era para ser cobrado sem pedir
Ser, estar e existir.
Ser alguém.
Estar algures.
Existir de uma existência que marque a ferro e fogo alguém, uma alma que seja.
É agora que as regras ganham?
É agora que moldamos a forma de pensar à sociedade?
De pensar nunca,
De falar, por mim, jamais.
Se sou diferente? Sim sou.
Se é bom ou mau?
É como é.
Banal, nunca!



Não sou superior, supero-me.

Por todas as ruas e esquinas, o prazer e dor

Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, setembro 21, 2011

Coisa fofa



Não sou superior, supero-me.

Desvantagem

O sexo masculino está sempre em desvantagem no que respeita ao campo de visão, a mulher tem sempre uma visão melhor e mais astuta. Além disso, os homens são muito eficazes sim, em uma única coisa de cada vez mas duas coisas ao mesmo tempo... lá se vai a eficácia.
Hoje deu-me para isto. Andei absorvida demais pelo doido/paranóico/estuporzinho que me matava e esfolava mas despedi-me dele e devolvi-o a quem de direito. Uma entidade chamada Polícia Judiciária.
Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, setembro 19, 2011

Não foram lá, o texto veio cá!

Não sei porquê, ninguém se dá ao trabalho de espreitar um dos únicos blogs colectivos onde não há bocas, não existem discórdias e tudo é resolvido em grupo. Orgulho-me de fazer parte do MOODS e há uns tempos, deu-me na cabeça ser tarada por limpezas: leiam:

Sou especial, sim eu sei... pela casa, aspiro em cuecas, com um movimento... sensual.... Excito a louça quando a esfrego toda, envolta em espuma, qual gajas a lavarem carros, sou eu a gaja e os meus tachos, a cara linda que faço quando mudo o wc dos gatos, apaixonaria qualquer sapo homem. faço festas às loiças da casa de banho e elas sorriem para mim, Quando entro na banheira, é a ânsia de me ver lavar as "partes"...
DAQUI
Não sou superior, supero-me.

domingo, setembro 18, 2011

O radar para esgroviados, apanha também isto

Preciso que percam aqui algum tempo e me digam a vossa opinião. Há uma semana atrás, estava  eu em casa e de madrugada recebo um sms a perguntar se praticava determinada prática sexual pois um amigo tinha dado o meu contacto. (começou  a parte estranha)... No dia seguinte, eu perguntei se não seria, influências de uma pessoa que me foi próxima mas que já não é. Confirmada a situação, não enviei mais sms. Mas recebi: “Então, apago o teu número?” (caraças já o tinha gravado?!), ao que eu respondi: “ sim, será o mais lógico”. Verdade seja dita que 3 noites seguidas estive horas ao telefone com este atrasado, verme, coisa, sei lá, onde haviam discussões, gritos, ameaças (“eu levo-te para uma casa abandonada e arranco-te o coração”, é romântico), e inventei as mentiras mais macabras para ver ond ele era capaz de ir: a lado nenhum. Enviou-me uma foto, que uma vezes é ele outras vezes não, onde estava de óculos e um chapéu e ... COMIDA PENDURADA NA BOCA... A certa altura já tem uma namorada de 18 anos, no oitavo mês de gestação e filha de um ex ministro. Esse sogro, pasmem, punha a sua informática de casa, nas mãos dele, dado que ele diz ser engenheiro informático e ter acabado com uma média alta, algum político faria isso? Pois eu digo que não. Depois a história da carochina, a namorada é infantil e eu sou madura mas se ela descobre conta ao pai e nós morremos e ficamos numa vala comum, pois o dito senhor, também manda armas para todo o universo tem um terabyte de torturas feitas a cargo dele na líbia. Portanto, queria que ela, a pita grávida, me passasse um cheque de €2500 para que o pai não soubesse e o mais romântico é que a namorada havia dito que se fosse menina lhe queria dar o nome que ele pensa que eu tenho... ouseja, no oitavo mês, EXPLIQUE-ME QUEM É MÃE, não será já a modos que há algum tempo, tempo de se saber o sexo da criança? Depois entrou na rede da judiciária e sacou duas folhas com tudo a meu respeito: eu na base de dados na PJ? E ele na rede... Depois deve ter acordado. Ontem mandou-me um mms (note-se que me mandou a foto da namorada de rabo à mostra, não percebi o objectivo) com uma sanita por puxar o autoclismo, como só vi merda na sanita, perguntei: “oh que lindo, agora és mesmo tu’ Ou será o teu pai? Também é lindo).Ah, este super herói acabava com a luz no Hospital de Faro quando o meu pai estivesse no bloco operatório... Fogo, aqui superou-me. Ontem combinou “matar-me, esfolar-me etudo o mais, já que segundo as gravações que tenho dele, eu não chego ao Natal, na Cova da Moura, eu ia, ia sim... não fui e avisei as autoridades e o burro ainda me mandou um sms com a rotunda da Cova da Moura a provar que foi. Diz que tem um distúrbio que o “cega” quendo se enerva: bem eu chamo a isso uma característica do ser humano, todos nós perdemos as estribeiras e cegamos com a adrenalina. Mas ele, é um distúrbio. (é, pois é, eu digo que sim e rio) e ainda foi a uma esquadra com as informações que sacou ilegalmente (sacou nada, sonhou), com todos os meus dados, não sabe o meu nome, onde moro, que carro tenho etc...  Eu, caçei-o o tipo num forum de carros onde o valentão dá o seu número e do pai e pronto, tenho o nome completo, sei onde mora, que carros tem, etc. Certeza:  Porque eu lhe dei luta e não fui oferecida... MAS... chamou-me puta, o que faz dele um putanheiro né? Ah e mandar a mesma mensagens 14 vezes para me encher a caixa de entrada » Várias vezes e várias mensagens...
Vá digam de vossa justiça...




Não sou superior, supero-me.

Da sabedoria de um amigo

Um amigo, de há uns meses, segue este lema:

"O MELHOR MODO DE NOS VINGARMOS, É NÃO NOS ASSEMELHARMOS A QUEM NOS FAZ MAL"

damm me que sou vingativa!!!


Não sou superior, supero-me.

sábado, setembro 17, 2011

Não interessa a todos mas...

O MEU PAI JÁ ESTÁ EM CASA... EMBORA TENHA QUE VOLTAR DAQUI A UNS TEMPOS...

Não sou superior, supero-me.

AJUDA URGENTE A MIM

QUAL O NOME DO MODELO DA AUDI DO QUAL FORAM CONSTRUÍDAS 200 UNIDADES E UM POLÍTICO PORTUGUÊS TEM UM?
URGENTE.

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, setembro 16, 2011

Do Serviço Nacional de Saúde e chouriços

A última vez que fui assistida num hospital, Sta Maria, senti-me um objecto. Exigi sair dali mesmo antes do soro acabar e fui-me embora quando o meu vizinho chegou para me apanhar. Eram 4 da manha. Ontem li, não interessa onde, nem quem, apenas sei que trabalha em, saúde a pedir para as pessoas terem crises entre as 9h e 17h porque às 4h da manhã o pessoal de saúde queria estar na sala de convívio a assar chouriços. Andam é a encher chouriços e a receber de quem paga os impostos.
Deu ainda dicas para a pessoa se suicidar de uma forma eficaz, apresentando a "chatice" que era cada tratamento para cada tipo de suicídio ou para- suicídio. Cobardolas, apagou o post mas ok, eu li e até chorei pois nunca vi tal coisa desde que soube da existência de um livro que ensinava como se matar rapidamente.


Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, setembro 15, 2011




plásticas a mais mas gosto muito da sua voz.
E adoro esta canção...
Não sou superior, supero-me.

Olhos que me derretem

Como sabem sou doida por carros, já relatei aqui experiências de condução de máquinas boas e venho mostrar uma carrinha que, para mim, é de longe a mais bonita. Todos os face-liftings que levou e as novas carroçarias não me agradam...
Mas a BM encolhe as séries 3 e 5 e estica a série 1?

Não me lêm? Não sabem que algumas carroçarias antigas ainda são as mais bonitas?

Estes faróis...



Não sou superior, supero-me.

Paizão

Falei com ele:
"Então esse hotel é confortável?"
"sim, mais ou menos..."
Não puxei conversa, apenas me disse que tinha menos dores. de um modo combalido mas sossegou dizendo que são dores naturais para o problema dele, uma úlcera.
Estou de bem com o Hopsital, com o meu pai e comigo.

Não sou superior, supero-me.

Filmes

Vi um filme, com um deficiente, durar 2 noites, mais de 200sms e 982357895768 mentiras... Era um doidinho mesmo, que gostava de comer corações mas pronto, secalhar era indigesto.
O mais giro é eu ter sempre uma perspicácia infalivel e saber chorar láfrimas de crocodilo.
Se eu sou cabra?
Sim, sou quando quero, mas agora, não me está apetecer, prefiro um gelado de limão


Não sou superior, supero-me.

terça-feira, setembro 13, 2011

Sem norte

Eu até vinha desabafar e perguntar a qualquer alminha por que motivo estarei eu cheia de febre outra vez... Mas depois de receber a notícia de que o meu pai está internado e que é grave, acho que nem chão tenho nem sei bem porque ainda n peguei no carro e fui para baixo, não sei o que fazer. Sim, sou menina do papá e sinto-me desnorteada.

Não sou superior, supero-me.

segunda-feira, setembro 12, 2011

Ih Ih ih

Giro, giro, é a malta tomar banho em casa alheia e mal sai da banheira, uma daquelas máquinas programadas de 36 em 36 minutos, decide dar a "bufa" em cima de nós...
Não fui eu mas sei de quem.

Não sou superior, supero-me.

Disto e Daquilo

Escolinhas abertas sem refeições para alunos... lindo!

Não sou superior, supero-me.

domingo, setembro 11, 2011

Muitos onzes antes

Lamento as mortes que o 11 de Setembro causou. A verdade é que muitas catástrofes aconteceram antes e ninguém as celebra durante 3 dias. A vida continua e que descansem em paz a vítimas, as equipas de resgates que lá morreram com bravura.
Que descansem em paz as vítimas também da Inquisição, da gestapo, do Holocausto, as crianças que são diariamente mutiladas na zona genital.
Para quê, tanta celebração de algo que merece silêncio e paz?


Não sou superior, supero-me.

sábado, setembro 10, 2011

Coisas que pratico

  • "Não sei com quem estou a falar nem me interessa"
  • " Ai sim??? está bem"
  • "Pois, mas depois não se queixe"
  • "C*****, sai da frente... (trânsito)
  • "Eu sou inteligente, esperto é o meu cão"
  • "Se tu estás aí e eu aqui, um dos dois está no sítio errado" (engate)
  • "tenho que escrever única na testa?"
  • "Pode ter a certeza que sou capaz"
  • "Isso tem um nome: roubar"(sapos, pt's e afins)
  • "Você quer problemas? veio ao sítio certo e à pessoa certa"
  • "Gosto que gostes de mim" (óbvio)
  • Gosto em especial de algumas pessoas da blogosfera e não hesito em ligar ou estar em contacto, elas sabem quem são e fazem muito por mim ou tentam. Pratico: "Obrigada por tudo", "Beijoquinha", "desculpa-me mas vou desabafar(ai Pukas), gosto do Special Moods... Onde pratico o que quero dentro do acordo de todos.


Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, setembro 09, 2011

Alma e coração

Abre-se a porta imaginária do coração. O que seria do ser humano sem o coração? que nos permite viver, sentir, amar...
Um coração sem alma de nada nos serve, que sejamos então pessoas de alma: ensinaram-me que a cor da da alma é o laranja. Começa- se por sentir um som de fundo, como se de um túnel viesse, até que te encontro. Não adianta sermos a luz de alguém sem alguém ser a nossa luz. De que adianta arrepiar sem arrepiarmos?
E foi num desses túneis que a minha retina dilatou, que o meu coraçõu buscou a sua alma e ali estavas. Amar com orgulho.
Com dedicação.
Sem limites, sem restrições, sem impedimentos como uma melodia que insiste em enchar-me os ouvidos e que eu não consigo parar.
O amor é uma segurança secreta, onde nos refugiamos e brincamos com os outros por não terem noção da nossa felicidade.
Se isto é certo? Quero que sim. Se não, devia ser. Pode ser errado, pode ser contra as marés, contra o sentido único, contra o sentido em que se escava um buraco...
Nunca durar.
Durar para sempre.
Um beijo.
Carne contra carne.



Não sou superior, supero-me.

Sem comentários



Não sou superior, supero-me.

Ia sendo

Ontem, uma besta com duas pernas e braços, estava aos berros com a minha senhoria, com idade para ser mãe dele e avó das suas crias. Mas eram aqueles gritos que incomodavam mais pela proximidade física. Bem, pus o braço à frente da senhora e disse para manterem a calma que fosse o que fosse podia ser resolvido com calma e sem espectáculo de rua...
(Eu?, hum? estou mesmo a crescer)
O tipo mandou-me ir para casa...
aiiiiiiiiiiiiiiiiii... "Desculpe mas eu só saio daqui quando a minha senhoria e amiga estiver naquilo que eu considero segurança"
"Ah e tal oinc, oinc, eu não a conheço"
Sorri e disse. "E quer? Não queira, então temos que ser sensatos"
Vim para casa, continuavam aos gritos, fui ao prédio e desta vez berrei: "EU ESTOU NA MINHA CASA, EXIGO SOSSEGO UMA VEZ QUE NÃO IMPORTUNO A VIDA DOS CONDÓMINOS AQUI PRESENTES"
Calaram-se.
Sou tão boa! (ihihih)

Não sou superior, supero-me.

quinta-feira, setembro 08, 2011

Da Pílula

Eu tomo a pílula.
Há quem tome a "pírula", tenha "pleumonias" e até "promenias".
É sorrir e acenar...

Não sou superior, supero-me.

quarta-feira, setembro 07, 2011

E podia ser certo

Podia ser certo se a resistência não criasse uma capa que nos protege de viver. Sim, de cair, de nos levantarmos. De amar sem restrições, a resistência está lá. amar no sentido carnal. Por isso, tantas mulheres perdem os maridos ou são constantemente traídas.
A resistência, elas chamam de amor, dor de cabeça, rotina, cansaço... Eu chamo-lhes "enconadinhas"



Não sou superior, supero-me.

terça-feira, setembro 06, 2011

Dos espirros

... e das marcas brancas...
Espirra-se 4 vezes seguidas e o tampão sai?

Não sou superior, supero-me.

sexta-feira, setembro 02, 2011

quinta-feira, setembro 01, 2011

Da Adrenalina!

Por entre o silêncio de uma fila, aguarda-se quem dá passos seguros da adrenalina que vai fazer subir. Existem poucas sensações, senão nenhuma que se compare a uma subida de adrenalina: numa luta, num concerto, num beijo, numa velocidade de 260 km/h num bom carro...
Nada destrói esta capacidade a um ser humano.
Vergonha? Nada disso, na adrenalina, não se sabe muito bem onde começar, onde acabar e onde está a calma. Uma calma que, quanto a mim, não existe.
Somos traídos pelo inconsciente, somos livres, somos puros e tal e qual como nos sentimos, mostramos.
Raiva.
Tesão.
Um directo bem dado.
Um orgasmo (ou uma sessão de múltiplos)
Um volante e um carro que não voa mas faz-nos voar.
Um grito numa praia .
Um salto numa rave.

Aqui, dois exemplos de música que nos faz saltar a tampa, ou a mim, MUSE e TIESTO, em remix por este último.

Não sou superior, supero-me.

GOSTO

Da nova interface do blogger.

Não sou superior, supero-me.