domingo, julho 31, 2011

ai jesus!!!

Dia 09 de Julho desactivei os serviços de uma operadora.
Dia 29, recebo o seguinte SMS: " Caro cliente (?), esta mensagem serve para informar que o seu serviço será (?!) desligado no dia 09/07/2011 para que não sejam acrescidos custos na sua factura de acerto"

Ai, eu quando for grande, quero ser assim, competente!

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Eu, adoooooooro!!!

Eu preciso de uma rave, quem me indica uma?
ISTO, faz-me sair deste mundo e ir ao Monte Olimpo...
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Reparem nas mudanças...

Os grandes do rock, cortaram o cabelo e ficaram sexys, ainda com o estilo de música mas muito bonitos:
exemplos:
Vocalista Faith no More

Precisa de apresentações? Metallica

Richie Sambora

Sexy Jon Bon Jovi

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

quinta-feira, julho 28, 2011

I SAW

Eu hoje vi ESTA PESSOA, estava no meu raio de visão e não no vosso, ok?
Era no meu que estava e estava lindo, como sempre... Isto, não tem cura...




EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Diálogos da minha vida

O meu carro não é um topo de gama, a minha casa não é num condomínio do mais luxuoso que pode existir mas NADA, nada bate o meu radar de esgroviados", topo de gama, nota 10!

Pink: " então não vinhas aqui?
T. - "Mas tu disseste que fazia mal!"
Pink:" Fazia num sentido mas XXXXXXX e XXXXXX não"
T. " Olha o XXXXX teve um XXXXXX e...."
Pink: " Sim eu sei disso tudo"
T. " Sabes? Mas tu tens que te meter na minha vida?"
Pink (gela):" mas foste tu quem me disse isso!"

Pink desliga o telefone na cara de T.
T. liga depois a dizer que já tinha encostado o carro e que há pouco não podia falar.


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

quarta-feira, julho 27, 2011

Dispo-me para vocês

  • Tenho a mania da "casa arejada", sempre janelas abertas
  • Não consigo perdoar, gostava mas não consigo, mas sei que teria mais paz
  • Confio nos médicos e cada vez menos nas autoridades
  • Escrevo ao sabor do vento e não por obrigação, desde sempre
  • Adormeço sempre com um aroma no meu quarto, que nestes últimos tempos tem sido papaya doce mas costuma ser canela
  • Quando chego a casa, mudo imediatamente de roupa
  • Não tenho vergonha alguma em pedir ajuda
  • Em todas as casas onde tenho vivido, existe um espanta espíritos, velas e livros.

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

terça-feira, julho 26, 2011

Confúcio sabe

Devido ao homem ter tendência para ser parcial para com aqueles a quem ama, injusto para com aqueles a quem odeia, servil para com os seus superiores, arrogante para com os seus inferiores, cruel ou indulgente para com os que estão na miséria ou na desgraça, é que se torna tão difícil encontrar alguém capaz de exercer um julgamento perfeito sobre as qualidades dos outros.
Confúcio


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Queres?

Quando ela abriu os olhos, ele tinha a sua mão na sua face... E perguntou:
"Queres continuar ou preferes fechar os olhos para sempre?
Ela fechou os olhos e ele afastou-se e naquele momento o seu pensar foi: " O que quer que seja que complique, eu estou fora"
Ela, de olhos fechados, sentiu a irresponsabilidade dele, e perante tamanha crueldade, fechou os olhos para sempre.
(Eu estou estou vestida e calçada de tristeza, andei com a lágrima no olho todo o dia, cheguei a casa e foi o pranto, a sorte é que, quando o circo muda de cidade, os palhaços tristes também vão)


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Hypnotic

De vez em quando tenho um tease mood. Aguentem-se!
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

segunda-feira, julho 25, 2011

Colo

Precisa-se. Pink triste.

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

O burro e a cenoura

Não tenho filhos e tremo só de pensar.
Os exemplos que vejo em volta não aconselham temeridades.
Hordas de amigos constituem as respectivas proles e, apesar da benesse, não levam vidas descansadas. Pelo contrário: estão invariavelmente mergulhados numa angústia e numa ansiedade de contornos particularmente patológicos. Percebo porquê. Há cem ou duzentos anos, a vida dependia do berço, da posição social e da fortuna familiar. Hoje, não.
A criança nasce, não numa família mas numa pista de atletismo, com as barreiras da praxe: jardim-escola aos três, natação aos quatro, lições de piano aos cinco, escola aos seis. E um exército de professores explicadores, educadores e psicólogos, como se a criança fosse um potro de competição. Eis a ideologia criminosa que se instalou definitivamente nas sociedades modernas: a vida não é para ser vivida mas construída com sucessos pessoais e profissionais, uns atrás dos outros, em progressão geométrica para o infinito. É preciso o emprego de sonho, a casa de sonho, o maridinho de sonho, os amigos de sonho, as férias de sonho, os restaurantes de sonho. Não admira que, até 2020, um terço da população mundial esteja a mamar forte no Prozac. É a velha história da cenoura e do burro: quanto mais temos, mais queremos. Quanto mais queremos, mais desesperamos. A meritocracia gera uma insatisfação insaciável que acabará por arrasar o mais leve traço de humanidade. Não deixa de ser uma lástima. Se as pessoas voltassem a ler os clássicos, sobretudo Montaigne, saberiam que o fim último da vida não é a excelência, mas sim a felicidade!

João Coutinho (jornalista)


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

domingo, julho 24, 2011

Porque sim

Parece que o que está na moda é não darmos atenção ás pessoas. Que pena, pos eu gosto de atenção, gosto de ser mimada. dançar com alguém apenas com os olhos, gostar sem ser correspondido porque nada de mais genuíno há senão o que sentimos.
Penso eu. Por isso se me odeias, morre ou afasta-te do meu raio de visão, finge-te de morto ou transforma-te numa chuva forte que apenas molha o chão e não me incomoda.
Espera, a chuva são lágrimas que, agora deito, por ver que o mais genuíno qu etenho foi deitado no lixo, desde o momento que percebi que pensei que nem a força do mar, nem a sabedoria grega, nem os sábios do Renascimento podem anular tal verdade.
A verdade magoa, todos sabemos, essas verdades ficam mal em determinadas pessoas, que não dançam ao som de nada, que fecham os olhos apenas para dormir, que não fluem na corrente e que vivem uma felicidade falsa. Que seja feita a justica a quem não dá importância a quem deve ser importante, que sinta na sua pele que o desperezo, a desordem, a cair de uma chuva ácida em vez de doce. Os castigos não são apropriados para os crimes. Como será a próxima vez? Haverá incenso? Haverá sorrisos? Não haverá nada.
Escrever com pontos finais está na moda, é mais assertivo. O silêncio e um buraco na alma tem mais assertividade. Um ponto final não tem emoção, é uma chuva pequena, que não molha, é foder de meias calçadas... Louca, estou eu, por ser eu, por quem sou, quem sou, quem gosta, degusta. Degustem, pois se não o fizerem, vão querer e aí eu estarei sóbria, calma e direi o não que precisam... Vivo nas ruas, passo fome, durmo ao relento, durmo com a chuva, com o vento e todos so agente erosão, que são únicos, genuínos, sempre... Quero falsidades longe de mim, muito longe. Quero ser feliz, pode ser? Não pode? Quero na mesma, quando a Pink Poison transforma alguém num felizardo, foium dia bom para ele, pois para ela é simples ser original. Basta ser, ter sangue real nas veias e cortar as mesmas de vez em quando para ver se estou viva.Eu estou viva mas não tenho o direito de brincar com o modo de pensar dos outros, não sou uma espectadora, não soupassiva, sou activa, sou parte do elenco mas não vivo sempre, não me desperdiçem...


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Tu és maré

Dizes ser como as marés.
As marés vão e voltam.
Cheias, de braços abertos para o conforto de um ombro, um corpo quente na cama, carinho e tudo mais.
Desaparecem, porque outros portos vão ser visitados, fica o vazio, fica o cheiro, o mexido, o tocado e o bem estar. Mas o vazio está cá.
Não o ser especial, o pelo menos fingir que o sou, quando sei que o sou, não está o que houve, outros contextos, contextos correctos, horários cumpridos...
Quando me perguntaste: "Posso ir aí?", a minha impulsividade ia escrever "não" mas acho que todos merecemos sempre mais uma e outra e outra oportunidade. Nunca pensei em oportunidades às pessoas mas sim oportunidades de bons momentos, boas conversas, dar e receber, essa oportunidade eu dei a mim e a ti.
Mas as marés banalizam, as marés fazem com que uma alegria se transforme em frustração, e já havia alguma acumulada, pelo lugar que ocupavas, sim tu, que afinal ainda me lês, aquele lugar que era na caldeira de um vulcão. Isso desapareceu.
Tomei agora a decisão correcta de infirmar o meu "nunca mais" do dia 16, data em que tanta falta fizeste.
Fez-me falta inteligência emocional.
Vou dormir outra vez, ia fazer crepes, mudei de ideias.
As marés não servem. Sou um areal diferente. Se TU, que sabes que és tu, não tiras mais partido da diferença deste areal, quem perde és tu.
Eu não, porque não tive, andava ao sabor da tua maré e soube estar acordada a mirar-te enquanto dormias e soube aproveitar tudo da maré... Eu sabia que aquele sms um dia ia surgir numa maré vazia.  
Aqui para ti, sempre, sem ondas.

Prontux

Eu ia mostrar umas imagens fixolas de um jantar AQUI onde comi um pizza com coco, leite condensado e chocolate e ainda uma fatia de uma com salmão (descansem que dormi acompanhada e não me deu nenhuma dor de barriga) e uma caipirinha mas... prontux, tenho aqui uma caixinha cheia de cabos que acabam em USB mas nenhuma das outras "queridas pontinhas" parece ser "Noika"... Começo a ver  que as mudanças fizeram estragos...


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sábado, julho 23, 2011

Um mundo

Raise your hands!!!
Assim se entra num mundo onde o limite é o sorriso e o esforço físico, onde a força  idolatrada é um simples rapaz mais novo que eu, que move montanhas. Move a minha montanha, move o meu coração, arrepia-me, faz-me ir longe. Chegar, desta vez, sozinha ao Monte Olimpo, imaginar que ali, estou protegida dos probelmas do mundo; que aliás é só um:´´e ser habitado pelo ser humano. O violino que me ataca as entranhas, a vontade de rasgar tudo e gritar que sim, ali sou livre, ali sou eu, ali salto, ali não preciso tertécnica ou precisão para a adrenalina subir e subir... Basta sentir a linguagem universal que é a música, basta, ter-me a mim, pois estou na minha melhor companhia, eu... Sou eu, eu, aquela que volta aos 18, aos 10, aos 16 anos com facilidade... Porque esta batida, sempre me vai mover.  
Let me see you jump, diz ele para o público em estado total de loucura... Saudável, não sei, eu estou ali para me alienar...



EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

quarta-feira, julho 20, 2011

Gemidos, cheiros e tactos

Hoje o teu beijo vai saber a ti.
Hoje a tua língua vai ser caxemira.
Hoje o nosso suor vai ser canela.
Os nossos beijos vão ser brisas quentes, o roçar dos nossos corpos, cheiro a terra molhada.
O som do nosso amor será um arfar que lembra magnólia. Os teus ombros vão saber a papaya doce e no fim, o nosso sabor, o nosso cheiro, valerá tudo...



EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Eu? A sério?

Uma colega de trabalho aproximou-se de mim e disse:

" Pink tu podias ajudar-me?" "Eu não estudo há 12 anos, eu sinto que não sei estar ou falar bem, tu podias ajudar-me?"
Respondi: "Eu posso ajudar, claro, se me disseres o que pretendes exactamente..."
"Pink, não te chibes, mas ajuda-me lá a ser mais calma e saber falar, eu tenho que ler um livro, eu não sei falar..."
Respondi: " Certo, tens auto-estima em baixo, ok, na próxima semana falamos"...

Não sei muito bem o que ela pretende mas pronto lá viu em mim, uma luz cor de rosa ao fundo do túnel...
Esta pessoa, tem uma história de vida FO-DI-DA... E, pelos vistos, não parou de lutar. Cresceu numa casa de crianças anbadonadas, comprou (fez crédito) casa aos 17 e trabalha como ninguém...

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

terça-feira, julho 19, 2011

Por mim


É certo que sabem, quem me lê h+a algum tempo que fui agredida pelo meu ex companheiro, e não carrego comigo uma bandeira, mas hoje, e logo hoje que a perna me dói particularmente, venho apelar a isto: votem na imagem ao lado aqui, nem que seja por mim, pelas minhas dores, por eu contar a toda a gente. Este cartaz foi criado por um portugues é o seu símbolo contra aquilo que eu fui vítima e milhares de homens, mulheres e casais homossexuais sofrem cada vez mais...

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

segunda-feira, julho 18, 2011

Porque gostava de estar com o H.

O H. não sorria.
Assertivo, inteligente, lutador, metódico, bonito e com uma personalidade marcante ...muito sofredor, por ele e com ele descobri uma coisa mágica que referi no Incondicionalidades.
Hoje gostava de te ter aqui H. Falarei de ti, depois. Foste, à minha frente uma lutador contra os preconceitos, pediste a quem nunca devias ter pedido para me dar guarida, fizeste o que podias.
Quando te vejo sem o gorro, não pareces o mesmo mas és tu, eu sei que és fiel aos teus valores.
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

domingo, julho 17, 2011

Alguma coisa boa para recordar

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Dispo para quem me lê

Mais um peça de roupa despida:
  • Nunca tenho água no frigorífico, na minha casa bebe-se água à temperatura ambiente
  • Quando estou com febre, só me apetece beber sumos, com gás, sem... qualquer coisa fresca
  • o meu frigorifico está sempre na temperatura mínima e mesmo assim tiro o que bebo um pouco antes
  • Durmo com o quarto todo escuro
  • Tenho um curso de estética, tenho marquesa, máquina de cera e afins e faço tudo numa esteticista (adivinhem quem dorme na marquesa?)
  • Sou doente pelas minhas sobrancelhas, têm que estar sempre perfeitas
  • A única fantasia que não realizei é passar a noite com um homem num barco
  • Tenho a mania do ketchup com caril... raro de encontrar, acho a Pukas me vai enviar algumas coisitas
  • Tenho o hábito de ouvir música em altos berros no carro, é o meu momento zen
  • Adoro lojas de coisas em segunda mão
  • Adoro chuva, se estiver com dor de cabeça, passa logo
  • Conduzo depressa demais
  • A primeira coisa que faço quando abro os olhos é fazer uma festa aos meus gatos, porque vêem pouco a dona mas são amados com qualidade e é a primeira coisa que faço quando chego a casa, esforço-me por ter tempo para eles, porque onde eu estou eles estão e eles sim, amam-me sempre
  • Detesto bacalhau
Depois, dispo-me mais...
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sábado, julho 16, 2011

Este dia

Foi num dia 16 de Julho que conheci o primeiro grande amor e terror da minha vida... Devia não me lembrar não é? Mas lembro-me. Também que num 16 de Julho tinhamos o casamento "alinhavado" e ele foi enviado em trabalho para a Alemanha, e, claro, a amante dele na altura, a Siemens, mandava na vida pessoal dele.
Vá lá não me bateu num dia 16 de julho para variar, a rotina entre casais é uma porcaria (ironia)... Raios ta partam que não devias ter enlouquecido!
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

O você e o tu

Tenho duas amigas, com quem falo de tudo e a quem elas confiam coisas que não confiam a mais ninguém senão a mim... Tratamo-nos por você, talvez pela relação profissional em que nos conhecemos e acabámos por nos tornar próximas mas é um hábito que não incomoda.
Tive uma experiência dessas, com outra pessoa que, de repente, comecei a tratar por tu, e não vos digo mais nada, apenas que: se tiverem um caso desses nas vossas relações, não mudem. Quando tratamos as pessoas por tu, parece que, de repente, podemos dizer as verdades da forma mais cruel, perder alguma delicadeza, enfim... E a outra parte também se sente igual...
Não generalizo mas já vivi essa experiência e assisti.  Não recomendo...
Continuo uma mulher quente mas a febre está a desaparecer...
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Eu... sou quente!!!

Eu estou outra vez com febre.
Começo a desconfiar que isto é do cansaço... Ou nervos...
Hoje ia conhecer um casalinhho de outro blog e perdi a oportunidade (por hoje), e até pensei ir ao Algarve... Eu sei que nesta altura todos vão mas não vão visitar o meu pai (ponto turístico, por sinal), pois não??? Bem me parecia...


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

quinta-feira, julho 14, 2011

quarta-feira, julho 13, 2011

Selada

A minha fofa e amiga GAJA, ofereceu-me este selinho e eu agradeço... (se bem que é sua obrigação... Vou escolher 12 blogs...
  1. Martini
  2. Clara
  3. Ana
  4. Moods
  5. Mister Charmoso
  6. Sérgio Pontes
  7. Pukas (pusinko)
  8. Isis
  9. Autora de Sonhos
  10. Mistery
  11. Sonhadora
  12. Doce

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Para quem gosta

Ouvi esta música pela primeira vez há uns 15 anos numa rave... Ainda é uma grande música, na minha opinião!

http://www.youtube.com/watch?v=lpkLcfbOra4
(desculpem mas estou com alguma dificuldade em postar videos)

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Pois, tá claro

Já tenho net em condições (e telefone fixo) e uma bela de uma gripe de Verão!
Ando a arder em febre desde Segunda à noite.
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

terça-feira, julho 12, 2011

Cortar e saborear

Vou cortar-me, observar o sangue, linda paisagem.
Vou saber que afinal estou viva.
EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

segunda-feira, julho 11, 2011

Eu fui usada

As minhas energias, a minha ansiedade da espera, a minha esperança de me divertir, o meu tempo...
Bebi agora o que comprei para ti... Usaste-me sim. Sou um penso rápido. Não voltas sequer a olhar para a minha rua, muito menos ter o meu nome na tua agenda daquela merda de telefone que serve para enfeitar...
Tu usaste-me.
Prometeste a data chave...
Estás um farrapo, uma vergonha, um NOJO!

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Caminha

Caminha placidamente entre o ruído e a pressa. Lembra-te de que a paz pode residir no silêncio.
Sem renunciares a ti mesmo, esforça-te por seres amigo de todos. Diz a tua verdade quietamente, claramente.

Escuta os outros, ainda que sejam torpes e ignorantes; cada um deles tem também uma vida que contar.

Evita os ruidosos e os agressivos, porque eles denigrem o espírito.

Se te comparares com os outros, podes converter-te num homem vão e amargurado: sempre haverá perto de ti alguém melhor ou pior do que tu.
Alegra-te tanto com as tuas realizações como com os teus projectos.
Ama o teu trabalho, mesmo que ele seja humilde; pois é o tesouro da tua vida.
Sê prudente nos teus negócios, porque no mundo abundam pessoas sem escrúpulos.
Mas que esta convicção não te impeça de reconhecer a virtude; há muitas pessoas que lutam por ideais formosos e, em toda a parte, a vida está cheia de heroísmo.
Sê tu mesmo. Sobretudo, não pretendas dissimular as tuas inclinações. Não sejas cínico no amor, porque quando aparecem a aridez e o desencanto no rosto, isso converte-se em algo tão perene como a erva.
Aceita com serenidade o cortejo dos anos, e renuncia sem reservas aos dons da juventude.
Fortalece o teu espírito, para que não te destruam desgraças inesperadas.
Mas não inventes falsos infortúnios.
Muitas vezes o medo é resultado da fadiga e da solidão.
Sem esqueceres uma justa disciplina, sê benigno para ti mesmo. Não és mais do que uma criatura no universo, mas não és menos que as árvores ou as estrelas: tens direito a estar aqui.
Vive em paz com Deus, seja como for que O imagines; entre os teus trabalhos e aspirações, mantém-te em paz com a tua alma, apesar da ruidosa confusão da vida.
Apesar das tuas falsidades, das tuas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela.

Sê cuidadoso.

Luta por seres feliz.


(Inscrição datada do ano de 1692. Foi encontrada numa sepultura, na velha igreja de S. Paulo de Baltimore - hoje já não se pensa que seja esta a origem, mas assim é mais bonito...)

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sábado, julho 09, 2011

Palavras Sábias


Encontro, algures na minha natureza, alguma coisa que me diz que não há nada no mundo que seja desprovido de sentido, e muito menos o sofrimento. Essa qualquer coisa, escondida no mais fundo de mim, como um tesouro num campo, é a humildade. É a última coisa que me resta, e a melhor (…). Ela veio-me de dentro de mim mesmo e sei que veio no bom momento. Não teria podido vir mais cedo nem mais tarde. Se alguém me tivesse falada dela, tê-la-ia rejeitado. Se ma tivessem oferecido, tê-la-ia rejeitado (…). É a única coisa que contém os elementos da vida, de uma vida nova (…). Entre todas as coisas ela é a mais estranha (…). É somente quando perdemos todas as coisas que sabemos que a possuímos.
(Oscar Wilde, in “De Profundis”)

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sexta-feira, julho 08, 2011

terça-feira, julho 05, 2011

Duas breves notas

  1. É muito bom entrar num mundo desconhecido segura pela mão de alguém. (ok, esta ninguém vai perceber)
  2. É excelente, ver que, ou ler que cada vez mais as pessoas da blogosfera por onde ando gostam de mim, um gostar virtual mas sabem "ouvir", guerrinhas, sim, já as tive mas estou "de bem" com todos os que quero
Agora uma coisinha e aquele que rir, leva!
O cúmulo do meu cansaço foi ao ponto de eu passar pelo desvio para o meu trabalho e seguir em frente, fazer inversão de marcha, passar em frente ao meu trabalho e seguir em frente...
Isto de mudar de casa, de horários, de emprego... Até os gatos estão a modos que assim, doidos!

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

segunda-feira, julho 04, 2011

Quem escreve

Quem escreve, não precisa de um bloco de capa de pele
precisa somente de uma caneta e papel
ou um pau e um areal
ou um espelho e uma caneta.
Quem escreve não pensa, "Vou escrever", apenas o faz, saindo as palavras dos dedos como saem da alma e do coração. Quem escreve, fá~lo pelo gozo de se mostrar, de ser por fora como é por dentro.
Quem escreve, precisa somente de um alma e um coração.

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sábado, julho 02, 2011

Tenho escrito otária na testa?

/&/&$%&#%$#$%"
Pronto não disse fodas, contentes? Estou mais educadinha...
Não há uma, UMA, operadora que eu tenha tentado contactar que não me queira "obrigar" a ter telefone fixo... Mas que merda é esta pá?
Tenho net Vodafone (e tenho que a deixar de ter, o sinal na nova casa é péssimo), televisão Zon e ´desde que saí do Algarve que não uso fixos, mas ando sempre com um cartãozinho da PT para ligar para fixos, no poupar está o ganho.
Eu não quero fixo, eu só quero uma internet que descarregue um filme enquanto janto...
Ajuda?

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

sexta-feira, julho 01, 2011

Eu vou fazer uma birra

A minha net está com prolemas meus amigos, inimigos e afins...

termos que ouvi hoje e que fizeram ficar com nauseas:
  1. deixastes
  2. desqueci-me
  3. a gente semos
Irra!!!



EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

Falas

Falas de Civilização, e de não Dever SerFalas de civilização, e de não dever ser, 
Ou de não dever ser assim. 
Dizes que todos sofrem, ou a maioria de todos, 
Com as cousas humanas postas desta maneira. 
Dizes que se fossem diferentes, sofreriam menos. 
Dizes que se fossem como tu queres, seria melhor. 
Escuto sem te ouvir. 
Para que te quereria eu ouvir? 
Ouvindo-te nada ficaria sabendo. 
Se as cousas fossem diferentes, seriam diferentes: eis tudo. 
Se as cousas fossem como tu queres, seriam só como tu queres. 
Ai de ti e de todos que levam a vida 
A querer inventar a máquina de fazer felicidade! 

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos" 
Heterónimo de Fernando Pessoa