segunda-feira, outubro 03, 2011

Roubada por uma unha

Ora bem meus amigos e inimigos, quando fiquei sem uma unha, fui transportada de ambulância para o Serviço de Saúde mais próxima que dista uns 13/15 km de minha casa.
Era só uma unha (ou a falta da mesma) portanto escusado era terem ido pela auto estrada.
Hoje recebo uma carta dos bombeiros a pedirem a módica quantia €23.10 pelo serviço.
E o meu pai considera barato e coitados dos homens que não têm dinheiro para o gasóleo. E eu? O meu carro é a gasóleo...
Não há condições.

NOTA IMPORTANTE: os treinos de Krav Magá vão recomeçar e mesmo sem unha na próxima semana vou a uma aula experimental de um senhor chamado Moisés, para quem está dentro do meio, saberá quem é. Incllinei-me para o jiu.jitsu mas é mesmo de Krav magá que gosto.



Não sou superior, supero-me.

5 comentários:

  1. mais ou menos o preço de um taxi,,,
    aliás um pouco mais caro.

    mas a boa verdade é que se não fores tu a pagar [o estado não paga] eles fecham a porta,,,

    pensa positivo,,,
    podia ter 40€,,,
    lol

    ResponderEliminar
  2. Então força nisso, que começar a treinar nessas condições não vai ser pêra doce.

    Beijokas
    Pukas

    ResponderEliminar
  3. Pagar por serviço público?

    Perder uma unha é como perder um órgão vital. Ao menos para mim.

    Melhoras!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Faz o que te faz sentir bem marida!!!

    ResponderEliminar
  5. Lá está, o video lembrou-me e bem: se fosse para um Dereck ou um Sloan me tratarem da saude, EU DAVA TUDO O QUE TENHO! lolol

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.