domingo, agosto 07, 2011

Saber Aconselhar

Quando queres dar a entender a alguém que está errado, começa por falar-lhe doutras coisas, acabando por chegar, como por acaso, aos actos que merecem reprovação. Descreve-os, então, de modo caricatural, diz todo o mal que pensas deles, mas fá-los acompanhar de circunstâncias diferentes, de modo a que a pessoa que queres aconselhar não se sinta directamente atingida. Procura que te escute de boa vontade, sem zangar-se; alegra a conversa com algumas piadas e, se de súbito o vires fazer má cara, mostra um ar cândido e interroga-o nesse sentido. Finalmente, misturando-as com considerações diversas, aborda as soluções a considerar num caso como o que te preocupa.

Jules Mazarin, in 'Breviário dos Políticos'





























5 comentários:

  1. Este post foi muito "polite", nada tipo Pink Poison

    ResponderEliminar
  2. A pink Poison não tem tipo de posts, e espalho muito dos meus amores e mimos por aqui e os meus rancores... Não existe um tipo Pink Poison.

    ResponderEliminar
  3. quando os conselhos são dados com alma, devemos olhar pelo menos para eles!


    beijo

    ResponderEliminar
  4. eu acrescentaria ainda uma dica: empatia, se dissermos que nós próprios por vezes cometemos esse erro ajuda o outro a consciencializar-se para se auto-corrigir. ;)

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.