segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Ana

A Ana faria hoje 36 anos. A Ana era linda, saudável, alegre e estava de casamento marcado. O cancro não lhe deu paz. A última vez que falei com a minha melhor amiga, na altura com 25 anos, ela disse-me: " A nossa história não vai acabar, fazemos parte da vida uma da outra. Eu não vou deixar"
Sentiu-se mal, foi para o hospital de Faro e faleceu.
Tenho saudades.

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

2 comentários:

  1. Anónimo8/08/2011

    como comentar...não sei!

    -____-

    ResponderEliminar
  2. É de facto difícil quando perdemos alguém que nos significa tanto.

    Uma beijoca especial

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo (se fores uma besta quadrada, nem vale o esforço de escreveres).