quinta-feira, setembro 30, 2010

Isto não é bom...

Será a depressão uma moda? 1 em cada 5 portugueses sofre  de depressão. Somos o país que mais consome anti-depressivos.
QUANDO? Quando é que a sociedade começa a dar a real importância às doenças do foro psiquíco? Se fosse um corte com pontos, davam mais relevância!!!
Ignorantes!

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

segunda-feira, setembro 27, 2010

Este blogue está de parabéns!!!

Imagem minha, Ericeira às 07;20h da manhã...
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Descobertas

  1. Descobri que é fácil rasgar o pneu de um carro (que não é nosso)
  2. Descobri que ir sozinha a um sítio perigoso deixou de me assustar (Krav Magá ou raiva?)
  3. Descobri coisas más, feias, horrorosas, monstruosas e vou dar a cara por essas coisas, para não prejudicarem mais ninguém
  4. Descobri um velhote que mora ao lado de monstros que o assustam...

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Hoje na Segurança Social

Pink - Bom dia, olhe pode emprestar-me um tira-agrafos?
Funcionária - Para?
(pink gela) Pink - Para tirar dois agrafos destes impressos.
Funcionária - Ah... Então pode ser, aqui tem!

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

sábado, setembro 25, 2010

Vamos ver quem tem tomates!




Os selos dos blogs são sempre a elogiar, um mimo, um carinho que se dá a um "amigo virtual", pois bem, vamos ver quem tem tomates para receber e publicar o selo que eu vou criar: um selo a premiar pela negativa! Hum? Ninguém encrava uma unha com um selo destes!





NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

quinta-feira, setembro 23, 2010

Fearless

Eu queria pilotar um jacto.
Estar num combate.
Estar entre a vida e a morte por vontade própria.
Não sei como, o medo em mim, desapareceu.
(Deve ser da chuva...)
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Para o PR



Um homem não é o seu trabalho, é um todo!
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Quero Quatro,

Quem me dá cada um deles?



NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

quarta-feira, setembro 22, 2010

Acima da Verdade Estão os Deuses

Acima da verdade estão os deuses. A nossa ciência é uma falhada cópia
Da certeza com que eles
Sabem que há o Universo.
Tudo é tudo, e mais alto estão os deuses,
Não pertence à ciência conhecê-los,
Mas adorar devemos
Seus vultos como às flores,
Porque visíveis à nossa alta vista,
São tão reais como reais as flores
E no seu calmo Olimpo
São outra Natureza.

Ricardo Reis, in "Odes"
Heterónimo de Fernando Pessoa

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

sábado, setembro 18, 2010

Isto é real, emoções a mais!

Um mês de namoro.
Ela sente-o a afastar. Luta contra isso, questiona, fica com raiva. Ele confessa ter um cancro e ter dois anos de vida. Imediatamente depois de dizer que a ama.  O que diz ela:
"Ficarei a teu lado, nem que seja para ser a última pessoa que respira ao teu lado, a última pessoa que tu vês, a última a mudar-te uma fralda, a última a beijar-te e a sorrir para ti"...
Um mês de namoro e ela não fraquejou, ele chorou, chorou muito e disse-lhe que temia por ela. Cada passo dado por ele, era uma hora de sono que ela perdia.
Fortaleza? Não, saber amar.
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Se eu ficar, fica o sangue

Não sei bem como te fazer entender o que sinto, como sinto, como vejo, porque durmo na posição em que durmo. Porque faço sexo da forma que faço. Mas fico, se me entenderes, fico se me aceitares.
Aceita que fique na cama até às 17h, que chore no chão encostada a uma parede, que dê murros em pontas de facas. Que interiorize o que o mundo acha errado, que veja a morte como no ensinam os tibetanos.
Se eu ficar, aceitas sofrer isso?
Esquece tudo o qu ete ensinaram, esquece que existem padrões, respeita os animais e as crianças e quem se sente feliz.
Aceita as gotas de sangue que podem sair de mim, aceita que saia sem rumo, sem limites, que não aceite que me cortem as asas e a língua.
Aceita a mulher, o sexo bom, muito bom, aceita que tome um duche e pareça fria.
Não serei, nunca fui, aceito as minhas imperfeições e são essas que me fazem especial. Pontas de faca? Venham!
Ficas comigo?
Ou vou para o Monte Olimpo?

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Andar à frente?

Eu tenho e recomendo....
Andar à frente, ou andar lado a lado com quem não nos percebe?
É que nem o lado bom conseguem perceber. Odeio, e eu amo como odeio e vice-versa. Gostava que existisse um sabor específico para a incompreensão, vingança, mentira. Andar à frente é ser superior mas os outros pensam isto e aquilo... CAGUEI! Pensem o que quiserem... A vingança tem um gosto agridoce, a falta de horizontes é negra  e a mentira, verde alface, porque se apanha mais depressa que um coxo. 
Andar à frente é gostar mesmo com coisas que não perecebrão nunca. 
Abdar à frente é descobrir novas realidades, novas dimensões... Mas é dificil estar.se sozinho nestes sentimentos, fora da crise, das queixas, dos preconceitos... 
Andar à frente é quando se descobrem coisas novas que nos tocam, quenos mudam, que nos enriquecem. O Krav Magá, o meu treinador, quero, sim, o meu sangue, responder de imediato, quero sim, dizer somente o que sei e o que não sei, vou saber. Vou andar em frente. A vontade de desistir surge, todos os dias a todas as pessoas. 

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME



sexta-feira, setembro 17, 2010

Este filme tem quase 20 anos mas continua a ser dos meus favoritos

pela essência da liberdade, da generosidade, pelos títulos que nada valem, pelo amor, pelas festas e por perseguir um sonho para se acabar em grande... (pronto, o Keanu era, é e será lindo)

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Sou Nevoeiro

Fui nevoeiro. Lutei ao invés de me acomodar.
Agora consigo pairar sob cabeças feias e vazias e percebo que devia ser nevoeiro há mais tempo.
Vou ao Monte Olimpo, ver Deuses, ver cultura, ver descobertas. Vou ver quem é real, quem não mente, quem pensa por existir. Sou nevoeiro para ver razões, razões para traições, enganos, mentiras, roubos...

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

quarta-feira, setembro 15, 2010

Do mundo!



Pedidos

Quem me levar ao concerto dos Guns n' Roses, me oferecer esta pen e me levar a comer uma fantástica açorda de marisco, é bem recompensado... (ih, ih, ih)
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Depois

Daqui a uns tempos, a vida volta.
Daqui a uns tempos, olha-se para as rampas da vida e já não significam nada.
Nem um carro, nem uma entrega sexual. A verdadeira entrega está no coração. 
Senta-se num balcão, olha-se para o vazio e ri-se à gargalhada.
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

terça-feira, setembro 14, 2010

Dedico ao Marquês de Sade

Pinkinha


NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Porra para a falta de sabedoria

"Vistes?"
"Semos amigos"
"Deslarga-me"
"A gente já se conhecemos há..."
"puse-a" (pu-la)
"Embriagem"
"Intervais"
Não meus caros, isto não são regionalismos, é mau português mesmo! óinc! óinc!

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Treinos





Vou enfiar os cornos nos treinos de Krav magá , vou bater com a força toda e a raiva toda, vou trabalhar sem ter um minuto de descanso... Muito dolorosamente e muito lentamente deixo de me sentir morta!
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

segunda-feira, setembro 13, 2010

domingo, setembro 12, 2010

Viva ou morta?

Alguém me devolve os 3 ou 4 litros de sangue, o sistema disgestivo, auditivo e respiratório, assim, só para eu me sentir viva?
Sinto-me morta.

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

terça-feira, setembro 07, 2010

Obrigada

Obrigada, a ti...
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Os mundos

Porque os mundos alternativos, não devem andar por aí, devem, sim, estar dentro de nós para estarmos bem. Esta música é daquelas que nos incita a um mundo, a um monte Olimpo, a um bem estar incondiconal, a uma batida boa, saborosa que nos embala enquanto fechamos os olhos.
Equanto abraçamos a pessoa que amamos.
Então fazemos o que queremos.
Como ser e estar de corpo e alma.
Como sofrer tanto a olhar para um ringue como se chora ao ver a vitória.
Orgulho. Drama. Castelos?
Sejam...
Assim, inteiros, bons e autênticos, uma patente a registar, um furacão na vida de alguém.

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

segunda-feira, setembro 06, 2010

Os sem abrigo

Pergunto-me se não há uma liberdade confortável em não ter casa, em viver na rua... Daí muitas pessoas quererem lá ficar. Quem é que se lembra de imaginar não ter casa? Não ter um poiso para ir... Pois é... Talvez ali se sinta calor humano, o contentamento com tão pouco,,, Um dia ponderei largar tudo e ir a pé sem rumo... Um dia.
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

domingo, setembro 05, 2010

Imaginem

Depois de semanas no deserto à deriva, encontram água.
Alguém vos diz: "Podes beber essa água para daqui a 2 dias chegares a uma aldeia. Porém, essa água retira-te anos de vida. Viverás apenas mais dois anos."
O que faziam?
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

quinta-feira, setembro 02, 2010

Os títulos e a dor de corno

Há quem diga que é contra títulos.
Muito bem... Daqui a mandar f**** rangers, forças policiais e etc... Vai muito. Cada  um consegue os títulos (bem os doutoramentos do Mários Soares, são honoris causa... portanto, este, não conta) por mérito. Seja o melhor murro do mundo, o melhor médico do mundo, a sanita mais bem limpa de todas... Temos o mérito, quisemos alcançar o objectivo.
Isto porque alguém disse que se F**** os rangers... Sabendo eu o esforço que a mente destes homens passa para chegarem ao fim.
Não são os títulos mas sim a inveja de quem tem um corpo musculado e não sabe nada, além de palavrões e não conseguir unir os braços ao tronco...
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!