sábado, 14 de agosto de 2010

FICA

Fica e não saias. Fica aqui no conforto de uma cama desarrumada, de um rasgo de Sol a entrar casa adentro, fica aqui. Sim aqui. Vem. Mais perto.
Fica neste recanto do mundo, sendo o meu mundo,preenche o que falta, completa o que existe. Fica mas vai quando quiseres. Bate asas e sê como os pombos, volta a ficar.
Sente o meu calor, o meu suor, o meu bem querer e ficas. Desta vez sem pedidos,sem bater asas...
Fica.


NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!


5 comentários:

  1. Eu acho que vai ficar...
    :)

    ResponderEliminar
  2. Ficar e completar os espaços vazios. A vida às vezes parece tão simples, tão agradável. Afinal basta pouco para se ser feliz. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. masquediabo: não inventes filmes romãnticos: ele ainda nem chegou :)


    MIGUEL (coisa fofa): sim, tão pouco e nem percebemos!

    ResponderEliminar
  4. Tu ficavas? Pensa bem... Olha o Krav...

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo (se fores uma besta quadrada, nem vale o esforço de escreveres).

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.